Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




mika-baumeister-uz_T7h8ds04-unsplash.jpg

Photo by Mika Baumeister on Unsplash

A partir de 3 de Maio, passa a ser obrigatório o uso de máscaras ou viseiras em diversos locais, nomeadamente:

- para o acesso ou permanência nos espaços e estabelecimentos comerciais e de prestação de serviços;

- nos serviços e edifícios de atendimento ao público;

- nos estabelecimentos de ensino e creches pelos funcionários docentes e não docentes e pelos alunos maiores de seis anos;

- na utilização de transportes coletivos de passageiros.


41 comentários

Sem imagem de perfil

De Anónimo a 03.05.2020 às 10:12

Recebi sms de algumas lojas (Continente, Pingo Doce, etc) a dizer que é obrigatório por lei a partir de hoje (dia 3)... Afinal em que é que ficamos?
Imagem de perfil

De Descontos a 03.05.2020 às 11:34

Ficamos no dia 3 de Maio, que é o indicado no diploma legal. O erro foi meu. Lamento
Sem imagem de perfil

De Margarida a 03.05.2020 às 14:01

Por favor: não é máscara ou viseira!! É obrigatória e necessário usar máscara!!!! A viseira é um extra, um reforço. A viseira só por si não protege rigorosamente de nada. Pode corrigir, por favor????!!!
Sem imagem de perfil

De Ricardo_A a 03.05.2020 às 14:25

Não é obrigatório que seja máscara. A lei diz que é máscara ou viseira.

"Artigo 13.º-B

Uso de máscaras e viseiras

1 - É obrigatório o uso de máscaras ou viseiras para o acesso ou permanência nos espaços e estabelecimentos comerciais e de prestação de serviços, nos serviços e edifícios de atendimento ao público e nos estabelecimentos de ensino e creches pelos funcionários docentes e não docentes e pelos alunos maiores de seis anos.

2 - A obrigatoriedade referida no número anterior é dispensada quando, em função da natureza das atividades, o seu uso seja impraticável.

3 - É obrigatório o uso de máscaras ou viseiras na utilização de transportes coletivos de passageiros.
...
"
https://dre.pt/web/guest/home/-/dre/132883356/details/maximized
Sem imagem de perfil

De Margarida a 03.05.2020 às 16:39

Por favor reflictam! Vêem os profissionais de saúde só com a viseira? O que protege é a máscara e a viseira é um extra. Sou enfermeira e até há um mês atrás não existia uma única viseira no meu serviço e o mesmo não acontecia com as máscaras. Por favor, não fiquem iludidos a achar que com a viseira estão protegidos porque não estão. A viseira é aberta de ambos os lados e o vírus propaga-se através de aerossóis (partículas microscópicas com o vírus) e, como tal a viseira só por si não tem eficácia.
A autora do blog, por favor, corrija o texto porque isto também é serviço público. Por favor, usem máscaras sociais/comunitárias/cirúrgicas/etc e não toquem na parte frontal, colocam-se e retiraram -se pelos elásticos.
Imagem de perfil

De Descontos a 04.05.2020 às 08:35

Peço imensa desculpa, mas não posso corrigir o que não está errado. Eu limitei-me a informar o que está na lei.

E a lei diz máscara ou viseira. É ridículo face ao facto de estarmos perante um vírus? Sim, concordo plenamente.

Mas esse ridículo vem da postura inicial do ministério da saúde e DGS: "as máscaras não servem para nada" e só visam a protecção social e não a de quem as usa.


Sem imagem de perfil

De MJMG a 04.05.2020 às 11:13

Querida Cristina, querida Descontos

Leio o seu blog há anos e agradeço a sua imensa disponibilidade e generosidade por partilhar informação sempre tão válida. Muito grata por toda a dedicação que tem para com os seus leitores.

Esta questão das máscaras é para mim muito clara, saio de casa uso máscara, por uma questão de respeito pelo outro. Lembram-se do mote "a minha máscara protege-te a ti, a tua protege-me a mim".

Temos de ir mais além do que apenas informar e interpretar a lei. Numa fase inicial a OMS e a DGS enquanto organismos oficiais não podiam oficialmente assumir uma posição pública sobre o uso de máscara, dada a escassez deste material. Podiam ter aconselhado as comunitárias/sociais? Talvez sim. A República Checa assumiu o uso de máscara desde o início.

Muito obrigada à enfermeira Margarida pelo comentário. Foi muito esclarecedora. Um bem haja a si pelo serviço público que prestou. Ontem já li vários artigos a dizerem o mesmo, "usem máscara" a viseira é só complementar.

Agora pergunto quando houve "crise dos combustíveis" o que aconteceu? Também nos disseram oficialmente para não irmos a correr pôr combustível e o que aconteceu foram filas intermináveis para abastecimento. Vamos fazer o mesmo com as máscaras, usemos sempre, é um bem comum a proteção e o respeito pelo outro!

O Pingo Doce tem neste momento uma caixa de 50 máscaras protetoras descartáveis a 26,99€. Já enviei e-mail a questionar se vão ter disponível online. O Continente, pelo que vi online, apenas tem à venda as FFP2 em conjunto de 5 por 11,49€.

A máscara é uma barreira de proteção. Vamos todos ficar bem.

Bem haja querida Descontos pela sua dedicação. Esta questão de máscaras pede um post esclarecedor para informar, incentivar e reforçar o seu uso. Bem haja à enfermeira Margarida por nos fazer refletir.

MJMG
Imagem de perfil

De Descontos a 04.05.2020 às 11:48

MJMG,

eu peço desculpa, mas neste caso, como aliás aconteceu desde o início da pandemia, não avançar com informação científica (ou pseudo-científica).

As viseiras são um excelente exemplo. Eu sou da opinião de que são inúteis. Porém, há quem defenda o contrário:

https://pplware.sapo.pt/ciencia/as-viseiras-de-protecao-facial-serao-eficazes-para-prevenir-a-covid-19/

Não vou escrever sobre o que desconheço, porque nesta matéria a desinformação é demasiado grave.
Imagem de perfil

De Descontos a 04.05.2020 às 11:53

Correcção.
Queria dizer:
"não avançar com informação científica" deveria ser "decidi não publicar informação..."
Sem imagem de perfil

De Margarida a 04.05.2020 às 12:37

É tudo uma palhaçada. A lei diz isso porque não consultam os especialistas mas também nos cabe a nós a responsabilidade de reflectir.. sabe quantas pessoas vão ler este post e achar que as viseiras protegem, imensas. Se a Cristina concorda, ok.
A DGS não defendeu o uso de máscaras desde o início porque não havia stock! Não há outra justificativa! As máscaras sociais/ comunitárias não existiam até há 3 semanas. Dou o exemplo de que no meu serviço fomos proibidos de usar máscaras, na fase inicial e, posteriormente é-nos proibido trocar máscara durante o turno.

As máscaras continuam caras, sim. Mas existem as máscaras sociais / comunitárias que qualquer vídeo ensina a fazer.

As VISEIRAS NÃO PROTEGEM. SÃO UM EXTRA.


Não aceitem tudo o que sai na lei. Pensem!
Imagem de perfil

De Descontos a 04.05.2020 às 13:22

"Se a Cristina concorda, ok."

Não percebi bem com o que presume que eu concordo, mas suspeito que não é verdade.

Eu pedi-lhe (abaixo) para publicar o seu comentário em post. Mas parece estar mais preocupada com as acusações que com a pedagogia.
Imagem de perfil

De Descontos a 04.05.2020 às 08:49

Permite-me publicar o seu comentário em post?
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 11.11.2020 às 15:29

Se forem a uma pastelaria, só serve para entrada. Quando chega já pode tirar a mascara ou viseira, porque vai comer ou beber. Fui a uma pastelaria em Oeiras, onde sempre entrei de viseira, que para a próxima vez que lá fosse tinha que usar mascara. Tinha lá estado a polícia e foi a ordem que deu. No feriado do dia de finados, era proibido sair do concelho de residência, e numa reportagem, num canal de televisão, onde existia uma operação stop, verifiquei que um chefe de polícia e um subintendente, ambos da PSP estavam só de viseira. Pergunto como ficamos?
Sem imagem de perfil

De Pedro a 03.05.2020 às 16:42

Usem apenas viseiras e quero ver o cenário dentro de 3 semanas!!! Ridiculo!
Usem máscaras!
Imagem de perfil

De Descontos a 04.05.2020 às 08:48

Pois, mas que máscaras?

Ao preço que elas estão, as máscaras com protecção para o próprio não serão uma opção para muita gente.

Mais, continuam a não estar disponíveis em muitos locais.

Quando ainda era só "uma gripe", que "não vai chegar cá", eu já comprei 5 máscaras FP2 para a minha mãe que é imunodeprimida, pensando em idas ao hospital. Uma delas, a melhor (já só vendiam 1 de cada), já custou €15. Depois, desapareceram do mercado.

Quando "chegou a gripezinha", fechei os meus pais em casa e eu só saía para coisas indispensáveis e com uma máscara de tecido, porque não poderia comprar máscaras de protecção (real) sem estar a retirá-las do hospitais e serviços essenciais.

Porém, a verdade é que isto é um falhanço do Estado. Não nos deveria caber a responsabilidade de manter o stock de material de protecção do SNS. Se tivesse havido a mínima preparação, as máscaras de protecção deveriam ter sido produzidas imediatamente. Antecipadamente.

Eu uso máscaras "sociais" desde o dia zero, que para mim começou em meados de Março, quando me foi permitido vir para casa trabalhar. Vou à padaria às 7h00 para haver o mínimo de gente. Tiro roupa e calçado ao entrar em casa - todos os dias.
Se for sair para locais fechados onde tenha de estar mais tempo, aí tomo banho completo assim que chego a casa.
Actualmente não o faço todos os dias, mas inicialmente, desinfectava as superfícies da casa da minha mãe diariamente, antes de ela acordar, com água e lixívia (e tenho os vernizes da madeira estragados, que o provam).

E pese todos os cuidados, ainda assim saio com medo de trazer o vírus para dentro de casa.

Por isso, sim. Usem máscaras, mudem a roupa, fiquem em casa.
Sem imagem de perfil

De Ricardo_A a 03.05.2020 às 14:26

Pelas notícias também tinha ficado com a ideia de que era a partir de segunda feira (dia 4). Afinal é a partir de hoje.

Artigo 6.º

Produção de efeitos

O presente decreto-lei produz efeitos a 3 de maio de 2020, salvo no que concerne ao disposto no artigo 15.º-A do Decreto-Lei n.º 10-A/2020, de 13 de março, com a redação dada pelo presente decreto-lei, que produz efeitos a 13 de março de 2020.
Imagem de perfil

De Descontos a 04.05.2020 às 08:30

Eu confesso que o meu erro não se deveu às notícias porque só ouvi mencionarem os transportes público. O que é muito estranho. Ou ando muito distraída ou realmente houve aqui uma falha grave.

Só me apercebi do uso obrigatório em todos os estabelecimentos quando comecei a receber mensagens dos hiper e achei estranho e fui ler o diploma.

Mas basta-me ir à padaria de manhã para ver que há muita gente a não cumprir.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 04.05.2020 às 10:41

Eu confesso que começa a ser muita confusão a nivel de oferta de mascaras. Para quem não entende, existem as Epis, e as Cirurgicas. Umas são fiscalizadas pela asae, e outras pelos infarmed. Existem empresas de brindes por exemplo, que estão a focar os seu negocios nos materiais de proteção e mascaras personalizadas...como exemplo https://www.promology.pt/publicidade/campanhas/especial-protecao-e-higiene/mascara-protectora-5-camadas-kn95-ffp2.html....hoje dia 04, saimos todos a rua, e 80% das pessoas, estãp protegidas...Não vale a pena arriscar
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 04.05.2020 às 10:56

O futuro vai ser mascaras criativas e com padrões!!
Imagem de perfil

De Descontos a 04.05.2020 às 11:02

Muita da confusão é pura desinformação.
Mais, já há falsificações de selos de certificação.

É por isso que só uso as minhas de pano ou as que comprei na farmácia, ainda em Fevereiro.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 04.05.2020 às 11:14

Também sou a favor das de pano e sempre são mais bonitas
Imagem de perfil

De Descontos a 04.05.2020 às 11:51

Não é que eu não preferisse uma máscara de protecção, mas não tendo acesso (por razões de consciência) a máscaras certificadas em que confie, prefiro ficar pelas sociais, para protecção da comunidade e pelo isolamento social, para me proteger a mim e os meus.
Sem imagem de perfil

De Ricardo_A a 04.05.2020 às 13:44

Cristina, não percebi a parte "não tendo acesso (por razões de consciência)".
Imagem de perfil

De Descontos a 04.05.2020 às 17:24

Face à continua falta de máscaras de (real) protecção e/ou preços inflacionados que barram o seu acesso a quem delas precisa mais (profissionais de primeira linha), eu não me sinto confortável em comprá-las.
Sem imagem de perfil

De Margarida a 04.05.2020 às 13:46

EPis= equipamentos de proteção individual ou individuais ( nos quais se incluem as máscaras: cirúrgicas, FP2; FP3, etc ...).
Sem imagem de perfil

De Inês a 04.05.2020 às 13:19

Eu confesso que fico confusa com tanta informação + desinformação que surge em todo o tipo de canais. Não sou especialista nem profissional de saúde, e sinceramente acho que em alguns casos a opinião de especialistas/profissionais também não passa disso, uma opinião (porque dados concretos há muito poucos), e confesso que não percebo o porquê da viseira, se bem colocada, ser inútil... por a parte debaixo do queixo estar descoberta? Mas se for esse o motivo, não é também perigoso andar com o cabelo descoberto? Porque as gotículas também podem ficar no cabelo, que por sua vez toca na face, etc etc. Mas ninguém vai andar na rua a fazer a sua vida normal equipado como os profissionais de saúde, com fatos completos. E nem isso servia de nada se depois as pessoas abrissem os fatos e tocarem na roupa interna com as luvas (como vi ontem num noticiário).
Pessoalmente acho que para muitas pessoas mais vale uma viseira do que uma máscara que anda constantemente no queixo ou que é mexida um número absurdo de vezes por não se adaptarem ao seu uso.
Imagem de perfil

De Descontos a 04.05.2020 às 13:27

A ciência, acaba por ser uma "opinião" fundamentada em princípios científicos. Porém o vírus é muito novo e parece-me que há muitas conclusões apressadas, mesmo que possam ser muito bem fundamentadas com base no que se sabe no momento. Porém, isso tem mudado rapidamente.

Curioso que me fale do cabelo porque vou, precisamente, fazer toucas para familiares que trabalham com crianças.
Sem imagem de perfil

De Margarida a 04.05.2020 às 13:48

Sim tem razão quanto ao cabelo. O aconselhado é apanhar os cabelos de forma a não tocarem na parte frontal da máscara.
As viseiras não protegem dos aerossóis.
Imagem de perfil

De marina malheiro a 06.05.2020 às 11:53

Bom dia. Vão ser necessárias máscaras e viseiras para os professores que regressam agora à escola. Uso uma P2 desde março quando vou às compras e à farmácia. A conduzir e na rua não uso, lamento. Comprei máscaras de pano certificadas pelo Citeve que vieram com instruções precisas. Consigo respirar melhor com as de pano.
Obrigada pela sua informação no Blog.
MM
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 06.05.2020 às 17:10

Quando vejo pessoas a conduzir sozinhas e com máscara eu pergunto-me do porquê.

Na rua, só se estiver num local onde me cruzo com muitas pessoas, mas isso é raríssimo, até porque evito sair.
Sem imagem de perfil

De Luísa a 06.05.2020 às 20:24

Porque será?? Quando uma pessoa sai de casa não sabe quem vai encontrar até no próprio prédio ou o que vai encontrar até ao local de trabalho e uma vez que deve colocar a máscara com as mãos bem lavadas é aconselhável sair já de casa com a máscara. Lavar as mãos e colocar a máscara. Para retirar a máscara a mesma coisa, retira-se quando temos a certeza que já não vamos encontrar ninguém e deve lavar as mãos, retirar a máscara pelos elásticos e lavar novamente as mãos. A aplicação do gel desinfecção (na maior parte deles) não invalida uma boa lavagem das mãos.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 06.05.2020 às 23:54

Certíssimo Luisa. Apenas acrescento que nunca, mas nunca deve tocar no exterior da máscara pois é aí que ficarão "presos" os ditos micróbios sejam eles corona ou outros.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 19.05.2020 às 13:56

Margarida, deixe-se de histerias. A lei diz máscara ou viseira. Não queira ser mais papista do que o Papa. Já chega de histeria. Eu vou usar para não ser multada. Aposto mais na imunidade de grupo. Respeite as ideias diferentes e deixe de ser fanática.
Imagem de perfil

De Descontos a 19.05.2020 às 17:42

A mim, parece que é muito mais fanático que discute um assunto tão sério referindo à outra pessoa com palavras como "histerias" e "fanática".
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 19.05.2020 às 13:57

Estou a ver que estão cheios de medo. Usem um fato Hazmat que isso passa-vos.
Imagem de perfil

De Descontos a 19.05.2020 às 17:43

Eu usava, se não fosse tão difícil ir à casa de banho.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 10.12.2020 às 17:34

As pessoas são fogo perante a mentira e gelo ante a verdade. (Voltaire).

Alguém parou para imaginar qual será o tamanho dum vírus!?

Em que escala estará na do infinitamente pequeno ou na dos milímetros como está a rede de qualquer pano, por muito pequeno que seja?

Por ondem se introduzem os microorganismos, pelos poros da pele, olhos, especialmente, boca, nariz, por exemplo.

Há ou existiu algum estudo científico sério que confirme, a eficácia dum pano que impeça a passagem por ele dum ser imensamente pequeno?

Quando tiver tempo e disposição continuarei este assunto.

"Viver e não morrer", lía-se em letras enormes na encosta duma montanha por onde passava a última Volta à França em bicicleta...
Imagem de perfil

De Descontos a 10.12.2020 às 18:24

"Há ou existiu algum estudo científico sério que confirme, a eficácia dum pano que impeça a passagem por ele dum ser imensamente pequeno?"

Há vários. Sugiro que os vá ler antes de emitir opiniões desinformadas.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 11.12.2020 às 00:27

"Há vários. Sugiro que os vá ler antes de emitir opiniões desinformadas."

São tantos, que a luz que emana da tocha de Prometeu, ofoscou a exemplificação de um só...

Ficou apenas a documentação habitual, a da língua!
Imagem de perfil

De Descontos a 11.12.2020 às 07:56

Não encontrou nenhum exemplo no Citador?

Poderá encontrar vários no Google Schoolar, basta procurar por "virus mask".

Se quiser, até pode afunilar para "virus mask filter". E se deseja especificamente falar de tecidos, então recomendo "virus cloth masks".

Não se assuste com os milhares de resultados. É natural. Afinal de contas o tamanho do vírus foi o que determinou a sua descoberta no séc.XIX.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 11.12.2020 às 00:22

Errata

Por muito pequeno que seja leia-se por muito estreita que seja

Por ondem leia-se por onde

Adenda

imensamente pequeno que só um microscópico electrónico de alta potência o consegue divisar?

Comentar post



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.





Calendário

Maio 2020

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31


Comentários recentes




Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2011
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D