Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Honestamente, já nem me recordo há quantos anos tenho o meu caderno reutilizável e a respectiva caneta não permanente.

Para ficarem com uma ideia, eu já dizia "há anos" em 2018.

 

Não foi fácil encontrar e já nem me recordo onde comprei, mas assim que a caneta deixou de escrever, optei por comprar tinta, em vez de uma nova caneta.

IMG_20210501_180114_598.jpg

Neste momento, encontro-me a gastar as esferográficas que já tenho.

 

Aliás, a minha preferência até é para a escrita com lapiseira com minas 0.5, por isso, as minhas esferográficas tendem a durar muito tempo.

 

Depois, planeio assaltar a gaveta de canetas da minha mãe e só depois (de esgotar o que já existe), é que opto pela compra de uma esferográfica nova recarregável.

 

Tem sido assim: produto a produto, procuro as soluções mais sustentáveis e reutilizáveis.

Até hoje, tenho chegado sempre à mesma conclusão: poupança. Tenho poupado dinheiro, sempre que "invisto" em reutilizáveis.

 

A tinta, na altura, custou-me cerca de 10-15 euros. Hoje já existe mais barata em Portugal. Mesmo assim, já recarreguei mais de 3 vezes uma caneta que custou cerca de 5€.

Capturar (91).JPG

Não posso assegurar que consiga sempre fazer as opções mais acertadas, mas tento e aprendo no processo.

Para começar a minha mini-horta, tenho de ter muito cuidado para que esta não se torne um sorvedor de dinheiro.

É fácil. Entusiasmo-me e começo a comprar coisas.

Mais, como estou a experimentar, não quero gastar dinheiro em coisas que depois, acabarei por descartar.

 

E por isso comecei à procura de alternativas gratuitas para o que desejo/necessito.

 

Em vez de:

Capturar (31).JPG

Usei restos de material de construção: telhas, restos de azulejo. Work in progress

IMG_20210215_160918_509.jpg

Em vez de:

Capturar (28).JPG

Uso caixas de plástico que vieram em encomendas do supermercado (quando os meus pais compram robalo ou dourada) e caixas de ovos.

Capturar (30).JPG

 

Em vez de:

Capturar (29).JPG

Para atilhos, vou reutilizar a fita de uma cassete VHS.

Hoje descobri que o meu leitor VHS está a "comer" as fitas. Há anos que estava parado. R.I.P.

 

E ainda tenho planos para reutilizar garrafões de plástico (vou tendo dos meus pais), como:

  • tabuleiros de germinação,
  • floreiras temporárias,
  • mini estufas e
  • um sistema de rega gota-a-gota. 

Aceitam-se dicas!

Há dias deixei-vos uma questão: Ainda querem saber porque há mais de 1 ano ando a congelar cascas?

 

Confesso que me diverti a ler as respostas, todas muito sensatas, esperançosas e muito longe da realidade.

Capturar2.JPG

A verdade é que há mais de um ano que alimento minhocas compostoras, mas concretamente da família "Eisenia foetida", que é uma espécie de minhocas que vive bem em lixo orgânico e comem cerca de metade do seu peso, por dia.

IMG_20210203_092138_160(1).jpg

 

E como comem muito, cagam muito. : )

E esse cocó é puro composto, por muitos chamado de ouro negro.

 

Eu comprei as minhocas porque queria uma forma de eliminar os resíduos da minha cozinha de forma mais eficiente. Entra lixo e sai composto. Melhor, é impossível.

 

Não vou entrar em pormenores sobre como fazer vermicompostagem (há melhores para isso), mas quero dar-vos a minha experiência real e realista do último ano e meio (mais ou menos):

 

1.

Eu apaixonei-me por estes bicharocos. Uma maçã podre (já chegou cá podre) já não é desperdício, é snack para elas.

São fascinantes e não admira que Darwin as achasse irresistíveis. Não se surpreendam se o futuro passar por saneamento (esgotos) que passa por fábricas de tratamento com minhocas.. Já existem!

 

E uma nova actividade preferida é ver vídeos "time elapsed" com minhocas.

 

2.

A pequenada adora dar de comer às minhocas. Assim que chegavam cá a casa, perguntavam pelas minhocas.

Eu passei a deixar a alimentação para os dias em que elas estavam cá. Ou pelo menos até chegar o coronavírus.

 

3.

Discordo com o que tenho lido por aí: não é realista esperar que a vermicompostagem caseira resulte na eliminação dos nossos resíduos domésticos, se for de pequena dimensão.

Mesmo sendo sozinha, tenho muito mais alimento (cascas de legumes e frutas) do que as minhocas poderiam comer. 

Só quem tiver MUITO espaço para ter MUITAS minhocas, o consegue fazer. E por cá, temos de ter cuidado com as temperaturas porque não aguentam muito calor ou muito frio, por isso não podem ser deixadas no exterior.

As minhas estão num balde de 30 litros, na cozinha.

 

4.

São precisos cuidados com as minhocas (manter um ambiente saudável) e com a mosca da fruta (por isso congelo antes). São seres vivos e é importante saber como tratá-los (eu perdi minhocas).

 

Não quero desencorajar ninguém a fazer vermicompostagem, mas penso ser importante dizer a verdade, porque tenho visto muita desinformação (muita dela devida a entusiasmo).

 

Tendo dito tudo isto, eu continuarei a ter minhocas na minha cozinha (zero odores) e a multiplicá-las.

Até lhes comprei uma casa nova: uma caixa de plástico reciclado (produção nacional), para que tenham mais espaço na horizontal.



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Calendário

Maio 2021

D S T Q Q S S
1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031


Comentários recentes

  • Anónimo

    Participei hoje e recebi cupão de 10% da NOTE. Pou...

  • Sandra

    Nunca experimentei esse do Aldi, mas €2,58/ltt par...

  • Descontos

    Boa tarde.Vi e confesso que não liguei. Eu deixei ...

  • Anónimo

    já viu o sorteio que o continente esta a fazer pel...

  • Descontos

    Não me subestime. Eu consigo justificar cada uma d...




Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2011
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D