Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



IMG_20200830_122959_559.jpg

Há meses que andava com esta caixa na mala do carro, onde juntava todos os "tarecos": triângulo, sacos das compras, extintor...

Encontrei-a junto aos contentores de reciclagem... o lixo dos outros.

 

Achei absurdo descartar uma caixa que poderia ser aproveitada para organizar ou até para carregar coisas pouco pesadas, mas volumosas.

Esta caixa, no IKEA, custa 4.50€.

 

Como se revelou demasiado grande para a mala do carro, recuperei-a para organizar o fundo de um roupeiro.

IMG_20200830_123011_655.jpg

Bastou uma pequena placa de MDF (alternativa: cartão) que forrei com papel adesivo que comprei por engano (alternativa: qualquer outro papel).

 

E agora está perfeitamente arrumado, no fundo de um roupeiro, com os casacos mais grossos.

 

Pergunto-me se a caixa teria sido descartada, se apenas tivessem tido o cuidado de pensar como a reparar e a utilizar.

 

Hoje assinala-se o #AnotherLookUnlimitedDay, o incentiva as pessoas a olhar novamente para as coisas que planeavam deitar ao lixo, para identificar coisas que poderiam ser doadas, dadas a amigos ou recicladas de outra forma.

 

Dou-te se vens buscar - como arranjar coisas grátis em tempo record (mobília incluída)

Lojas solidárias - as minhas preferidas

E não se esqueçam: se tiverem sacos vazios, de plástico ou papel, deixem nas lojas solidárias porque serão bem-vindos para darem a clientes que compraram lá algo.

Brown Plain Collages Facebook Post.png

Esta semana consegui um objectivo que se arrastava há meses: eliminar/processar/remendar o conteúdo de dois sacos enormes de tecidos e peças de vestuário.

 

É uma das desvantagens de recolher roupa: a partir do momento que a meto no carro, sou responsável por ela e por encaminhá-la da forma mais eficiente possível, que para mim é que esta volte a ser vestida.

 

Porém, há roupa que precisa de ser reparada, antes de ser doada. E eu deixei acumular a essas peças, as minhas reparações, as da minha mãe, etc...

 

Uns leggins que agora são calções, uma toalha com um buraco que ficou impecável depois de a remendar com um pedaço de um toalhete, uma outra toalha velhota que depois de aplicar uma tira de tecido em volta, passa a ser uma saída de banho e as  minhas calças da limpeza que voltaram aos remendos.

 

Descobri que o meu rato do computador é excelente para cerzir meias. Fiz a minha primeira experiência e adorei. Tenho uma série de meias para continuar a aprender.

 

Também tenho bordado. Pequenos projectos que raramente demoraram mais que umas horas. É incrivelmente divertido.

Lamento, mas não posso partilhar porque vão para as minhas sobrinhas. Mas há muito BTS. : )

Tento tentado organizar alguns aspectos da minha vida com dias temáticos. A segunda-feira é dia de costura e roupa.

Este tipo de organização, em muitos dias tem-se revelado muito produtiva.

 

Neste tempo covid, o destaque vai para os projectos que tentam remendar e ocultar manchas de lixívia, mas não só. 

 

Uma toalha de limpezas na cozinha com um buraco no meio. Cortei o buraco e recosi a toalha.

Noutra, optei por cortar em pedaços menores e utilizar na banca.

Umas meias compridas com um punho (?) apertado. Cortei o punho e recosi com zig zag.

Guardei os punhos pois podem ser úteis para um acrescento de manga.

 

A minha mãe tinha uma camisola com elástico em baixo, que não gostava.Tirei o elástico e fiz uma bainha.

Odeio trabalhar em tecidos elásticos!

IMG_20200607_114624_651.jpg

Uma camisola da minha mãe com uma mancha de lixívia.  O resultado final é uma camisola que não foi para o lixo.

Red Food Photo Cinco De Mayo Pinterest Graphic.png

Também cortei as mangas (eram tipo boca de sino) e a parte de baixo de duas tshirts (grátis).

Os materiais sobrantes, servirão para alterações noutras peças de roupa.

1.jpg

Uma reparação que não necessitou de costuras, mas de uma limpeza. A gola (grátis) tinha um material plástico que se estava a descolar.

Primeiro raspei o material maior e terminei com um rolo de limpar tecidos.

A foto foi tirada depois de remover a maior parte do material. Mas a zona da costura teve de ser com o rolo.

2.jpg

3.jpg

Trabalhos em progresso:

 

1.

Substituir a uma fita de viés na manga da minha camisa preferida, que ficou manchada com lixívia.

4.jpg

 

2.

Tapar com fita de viés, mais manchas de lixívia num casaco de fato de treino.

Terá de ser à mão, porque é demasiado grosso para a minha máquina. Mas eu gosto de costurar à mão, pelo que não me importo.

5.jpg

6.jpg

 

3.

Uma camisola com uma mancha de lixívia na frente, que irei cobrir com um bolso canguru, que já deixei cortado.

 

E tantos outros pequenos projectos....

E tantos montinhos de materiais e roupa...

 

Recapitulando as peças que foram salvas do lixo:

2 toalhas de limpezas

1 par de meias

5 tshirts *

 

* Na verdade, 2 foram salvas do lixo e 3 do saco de doações.  Pensando bem, as 5 foram salvas do lixo. :)

Violet with Cupcakes Photo Birthday Pinterest Grap

Para mim, continua a fazer sentido remendar em alternativa a comprar novo. Poupa-se dinheiro e o ambiente.

E há inúmeras situações em que o "remendo" demora apenas alguns minutos do nosso tempo.

 

Foi assim com uma pega de cozinha da minha mãe, que estava com um ar velhote. Decidi pegar numa tira de tecido, desenhar o molde da luva (com margem para costura) e fazer uma "cobertura".

DSC_0010.JPG

Costurei pela linha (do avesso), juntei uma pequena fita para pendurar, dei uns pontos no interior (à mão) e o resultado final é este:

DSC_0012 (2).JPG

Desta forma, aproveitei todo o material térmico e basicamente tenho uma luva nova.

 

Como ainda sobrou tecido, vou fazer o mesmo com outra luva. E assim, em vez de 2 luvas diferentes, a minha passa a ter um conjunto uniforme e florido (como ela gosta).

 

Um remendo que é, em simultâneo, uma melhoria. Ou se quiserem ser chiques, um upcycle.



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Calendário

Setembro 2020

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930


Comentários recentes

  • Descontos

    Inês, 3000 peças na sala de jantar a um mês do Nat...

  • Inês

    Eu adoro! No ano passado fiz um de 3000 peças que ...

  • Anónimo

    Nesse caso, convinha contactar a EDP. Peço desculp...

  • Descontos

    Agradeço, mas não é o meu aniversário.

  • Anónimo

    Feliz aniversário




Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D