Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



CNT-Sacos-Saco-A2.jpg

Daqui:

(...) O Continente vai oferecer 1 milhão de sacos de rede reutilizáveis para fruta e legumes que suportam até cinco quilos. A oferta aplica-se com 100% de desconto em cartão Continente,a partir de 26 de julho e até fim do stock. Basta que os clientes peguem nos sacos (ou adicionem ao carrinho virtual no Continente Online), se dirijam à caixa e o desconto é aplicado automaticamente.

 

(...) o saco mais pequeno fica por 0,15€, o médio por 0,25€ e o saco de algodão por 2,00€. Pode encontrá-los na secção de Fruta e Legumes em qualquer loja Continente, Continente Modelo ou Continente Bom Dia.

 

 

Isto já parece o dia da publicidade ao Continente, mas não é.

Na verdade, ando há dias a adiar a publicação (apesar de insistência vossa, que agradeço). Queria experimentar a possibilidade de pesar fruta e legumes na caixa (1), mas não tive possibilidade e não é provável que tenha, num futuro próximo.

 

(1) Em algumas lojas, poderá mesmo encontrar cartões em papel reciclado para colar as etiquetas com o preço e código de barras. Em alternativa, coloque as frutas e legumes no seu saco ou sacos reutilizáveis e, na caixa, o operador tratará de pesar cada produto separadamente.

 

Já têm os vossos sacos?

Mais informações aqui

Capturar.JPG

 

Para promover a redução de embalagens, o Pingo Doce vai aceitar, a partir de amanhã, recipientes dos seus clientes para o acondicionamento de produtos de peixaria, talho, padaria, take away e charcutaria.

...

Os recipientes devem estar em boas condições, ou seja, limpos e secos, livres de odores, sem resíduos e com tampa funcional. Por questões de segurança, não serão aceites embalagens de vidro, uma vez que potenciam um risco de segurança alimentar em caso de quebra.

1.jpg

 

A partir de 1 de julho de 2021, os produtos frescos, com venda assistida, podem ser colocados nas embalagens reutilizáveis que os Clientes tragam consigo, nas áreas de:

  • gastronomia
  • queijaria
  • charcutaria
  • pastelaria
  • talho
  • peixaria

Esta solução, vem-se juntar-se às opções que já existiam, de sacos reutilizáveis de rede, para frutas e verduras, ou pano, para o pão.

Daqui

Ao contrário do Continente, não colocam impossibilidade de usar vidro.

Este fim-de-semana vi o documentário A história do plástico, graças a uma oferta na página https://zerowastechef.com.

 

O documentário foca uma área que raramente vemos na comunicação social, quando se fala da poluição do plástico: a origem.


Primeiro, 99% do plástico é composto por petróleo. Isso é importante, porque o enfoque do documentário é precisamente a sua origem e esta está nas grandes indústrias de extração de petróleo e indústrias petroquímicas. Grandes empresas que fazem um grande esforço para colocar as responsabilidades ambientais pelo plástico no fim da linha: os consumidores.

 

E o que respondem as grandes empresas, quando são questionadas (num contexto de mercado e accionistas) sobre a diminuição da procura de petróleo nos transportes?

Mais investimento na indústrias petroquímicas, ou seja, plástico.

Em suma, as grandes empresas criam o problema, lucram com ele e nós, os contribuintes, temos de pagar para nos livrarmos dele.

 

Números assustadores:
40% do plástico acaba nos aterros
14% do plástico é incinerado
14% do plástico é reciclado, mas só 2% é "eficientemente reciclado", ou seja, é transformado em algo tão útil com o seu produto original.

 

E os grandes programas de reciclagem? 50% consistiam em exportar para a China.

 

A incineração liberta produtos tóxicos gravíssimos para o meio ambiente e é um negócio em si. E às grandes empresas, compensa-lhes não reciclar e incinerar, porque precisam do plástico para arderem melhor o resto dos produtos.

 

E já agora, as "fábricas de reciclagem" em países pobres, têm este aspecto:

Capturar2.JPG

Capturar.JPG

A solução?

Reduzir a utilização de plástico, porque só quando lhes formos ao bolso, é que eles percebem.

 

Produtos que deixei de comprar:

- água engarrada;

- papel higiénico embalado em plástico;

- rolos de papel de cozinha;

- guardanapos de papel;

- sabonete líquido;

- champô líquido;

- gel de banho.

 

Não foi tudo ao mesmo tempo, simplesmente fui mudando os hábitos, um a um. Iam acabando e eu procurava uma alternativa mais sustentável.


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.





Calendário

Setembro 2021

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930


Comentários recentes

  • Anónimo

    Eu inscrevi-me na Voz do Consumidor o ano passado,...

  • Anónimo

    Em Viseu, no Retail Park.

  • Anónimo

    Por falar em experimentar , a La Roche Posay esta ...

  • Mon Mendes

    Os experimente grátis à la Descontos também reinam...

  • Anónimo

    existe outlet em outros continentes? alguem sabe? ...




Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2011
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D