Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



 

Antes de mais, advirto que não tenho conhecimentos de química. Estes são os produtos que EU utilizo, depois de tomar uma decisão que considerei ser suficientemente informada. 

 

Como já referi em ocasiões anteriores, eu preciso da "ciência" por detrás destas formulas que circulam na internet e por isso procurei estudos publicados em revistas científicas.

Aqui ficam as minhas conclusões, sobre o que li:

 

Vinagre e sumo de limão

As propriedades antimicrobianas do vinagre (maiores neste) e sumo de limão são associadas com o seu teor de ácido cítrico e ácido acético, respectivamente. As utilizações com água quente aumentam as suas propriedades antimicrobianas.

Não se devem misturar com lixívia devido ao risco de gazes tóxicos.

 

Bicarbonato de sódio

Tem propriedades antifungicidas, associadas ao que pode ou não florescer num PH baixo. Há um estudo que aponta como um ingrediente possível para a limpeza de superfícies na cozinha.

É excelente para amolecer produtos queimados em tachos.

 

Panos microfibras

Não possuem propriedades antimicrobianas, mas são eficazes na limpeza. Porém, há que ter cuidado para não contaminar (panos sujos não limpam, sujam). Há cuidados a ter com a sua lavagem: por exemplo, não utilizar amaciadores da roupa ou lixívia.

As microfibras são um problema ambiental:

- ao lavarmos os panos, estamos a libertar microfibras(microplásticos) para os oceanos;

- quase todos são não biodegradáveis.

 

Álcool

Ainda estou a estudar este ingrediente: por um lado tem propriedades antimicrobianas, por outro, são limitadas e de curta duração. Porém, é bom em gorduras e o facto de evaporar, ajuda na secagem.

 

Água oxigenada

É a melhor a limpar germes, um excelente fungicida, mas não é um ingrediente "estável" para ser utilizado em diferentes embalagens (por exemplo um vaporizador).

Não encontrei informações informações sobre a segurança deste ingrediente para superfícies delicadas embora, pessoalmente, não tenha problemas em utilizá-la em cerâmicas, louças sanitárias e até na limpeza de bolor em paredes e tectos (diluída em água). Os fabricantes recomendam-na como agente de limpeza de tecidos. 

Não encontrei informações sobre a proporção ideal de diluição, para que não perca a sua eficácia.

Basicamente, neste momento, penso na água oxigenada como uma espécie de lixívia, mas não utilizo nas pedras ou madeiras.

Se, por exemplo, estiver a cortar carnes cruas, depois lavo a banca (inox) com água oxigenada ou lixívia.

 

 

Sugestões de leitura:

Effectiveness of Alternative Antimicrobial Agents for Disinfection of Hard Surfaces

Hard surface cleaning performance of six alternative household cleaners under laboratory conditions

Functional Properties of Vinegar (acesso limitado)

The effectiveness of three home products in cleaning and disinfection of Staphylococcus aureus and Escherichia coli on home environmental surfaces (acesso limitado)

Efficacy of antimicrobials for the disinfection of pathogen contaminated green bell pepper and of consumer cleaning methods for the decontamination of knives (acesso limitado)

 

 

DETERGENTE PARA GRANITO E MÁRMORE (e outras superfícies mais delicadas)

1/4 copo de álcool

1/2 L de água

1 c.(chá) de líquido da louça

 

Vi esta receita na internet, mas confesso que agora não encontro a minha fonte (encontrei dezenas de páginas com o mesmo). 

Basicamente é o detergente que utilizo em superfícies que em que não convém utilizar produtos corrosivos/ácidos, como é o balcão da cozinha em granito e o tampo do lavatório, em mármore, da casa de banho. 

O álcool (ou vodka) serve como agente desinfectante e o líquido da louça serve como desengordurante. 

 

Na cozinha, utilizo em quase todas as superfícies, desde o laminado, à madeira, e ao inox.

 

DETERGENTE PARA O CHÃO DE CERÂMICA (sem lixívia)

Meio balde de água

vinagre de limpeza (+- o equivalente a duas chávena de café)

detergente da louça (+- o equivalente a uma colher de café)

 

DETERGENTE PARA O CHÃO DE CERÂMICA e LOUÇAS SANITÁRIAS (com lixívia ou água oxigenada)

Meio balde de água

lixívia ou água oxigenada (+- o equivalente a duas chávena de café)

detergente da louça (+- o equivalente a uma colher de café)

Autoria e outros dados (tags, etc)

IMG_20180830_194019_362-COLLAGE.jpg

Já me conhecem, cozinhar para congelar é a minha forma preferida de não cozinhar. 

 

Decidi esticar o último peito de frango que estava no congelador à la Cristina:

- piquei curgete + cenoura + alho francês;

- juntei aos legumes a carne e piquei tudo, com um pouco de sal e pimenta;

- passei tudo para um tacho e juntei uma lata (pequena de tomate) e água q.b..

 

Ainda lhe juntei um resto de cogumelos que tinha no figorífico.Depois, é só cozer uma massinha e jantar. 

 

No final, fiquei com jantar e marmita para o dia seguinte.

IMG_20180830_210440_147.jpg

Enquanto janto, o resto do picado arrefece para ir ao congelador em doses individuais, para dias em que não quero cozinhar.

 

Haja espaço no congelador. 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Há realidades que nunca chegam ao Pinterest. 

IMG_20180828_191418_629.jpg

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

Se eu fosse uma pessoa organizada, isto seria um post e-x-t-r-a-o-r-d-i-n-á-r-i-o. Mas a verdade é que as coisas nem sempre correm como eu gostaria. 

 

Há cerca de uma semana, decidi preparar um frango, de forma a transformá-lo em múltiplas refeições. E como gosto dele muito bem cozido, comecei por cozer o frango na panela de pressão com alguns legumes.

IMG_20180429_115250_195.jpg

No final da cozedura, a coisa não parecia muito apetitosa, mas prometo que melhora.

IMG_20180429_124229_826.jpg

A água da cozedura ficou pronta para uma canja, que ficou divinal. Para as carnes da canja, desfiei as partes com mais ossos, como asas, caixa torácica e pescoço.

IMG_20180429_124239_207.jpg

O restante dividi em duas refeições: frango estufado com ervilhas e frango desfiado com cogumelos e acelgas.  

 

Idealmente, teria cozinhado ambos em simultâneo, mas foi um dia de limpezas intenso e optei por fazer só o frango com ervilhas e o resto depois.

Ainda bem, porque assim só queimei esse frango. Travo de molho de tomate queimado? Yep!

IMG_20180429_191826_904.jpg

Comi frango ao almoço e congelei mais duas porções (uma delas foi a marmita de hoje). 

 

Ao jantar, decidi fazer o frango desfiado com um resto de acelgas e cogumelos. E no dia seguinte, tinha o almoço feito.

IMG_20180430_180906_279 (1).jpg

Um frango por menos de €2.50 e fazem-se múltiplas refeições.

Mas o que mais gosto, é ter o congelador com refeições já preparadas. Não há nada melhor que isso.

Autoria e outros dados (tags, etc)



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Calendário

Outubro 2018

D S T Q Q S S
123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031


Comentários recentes

  • Descontos

    E Minipreço e Intermarché... :)

  • Descontos

    Sim, eu também costumo comprá-lo, mas nunca gasto ...

  • Anónimo

    sim é para um familiar diabetico. Há outras opções...

  • Anónimo

    Obrigada

  • Descontos

    Separei, não vá o diabo tecê-las :) É que não o em...



subscrever feeds


Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D