Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




fabio-bracht-e3oE-l-rtpA-unsplash.jpg

Foto: Fabio Bracht

 

1.

Preços e promoções

O que se verificou (e poderá verificar) é que os preços dos bens essenciais aumentaram. Por outro lado, muitas lojas não asseguraram as promoções, até as divulgadas em folhetos.

Tudo compreensível, pelo que a antecipação é o melhor remédio.

Neste momento, estou a começar a comprar itens com 50% de desconto. Regra geral, são itens não frescos e cujas promoções não encontrarei numa situação de confinamento.

Naturalmente que, especialmente neste momento, é uma opção a que muitas/os não têm acesso.

 

2.

Confinamento é em casa

Para aproveitar as melhores promoções semanais, acabamos por ter de fazer um maior número de deslocações. E, quanto mais tivermos de comprar, mais tempo temos de estar dentro da loja.

Por isso, o meu objectivo é reduzir compras num período de agravamento.

Mesmo quando compramos online, estamos sujeitas/os a inexistência de stocks, por isso prefiro comprar com antecedência e com tranquilidade.

 

3.

Quarentena dos produtos

Eu desinfecto os produtos que me chegam a casa. Mas melhor que desinfectar, é comprar antecipadamente, colocar tudo de "quarentena" e não ter de me preocupar.

Por exemplo, descobri rapidamente que a tinta dos sacos de sal sai com o álcool. Mas estranhamente, depois são difíceis de limpar das mãos e unhas.

 

4.

Sustentabilidade

Uma das coisas que me aconteceu no período de confinamento, foi ser obrigada a fazer compras online (quase só para os meus pais) o que se traduziu em imensos sacos de plástico.

Fazendo as compras agora, na loja física e já com os meus sacos reutilizáveis, consigo limitar/eliminar os sacos de utilização única.

 

Por tudo isto, vou começar a fazer algumas compras "cirurgicas", preparando-me para o pior, esperando pelo melhor. 


1 comentário

Sem imagem de perfil

De Anónimo a 30.06.2020 às 23:31

Não uso álcool para higienizar pacotes. Uso água e detergente da loiça. Segundo dizem a espuma de qualquer detergente quebra a molécula do vírus tornando-o inactivo. Faço o mesmo com as frutas excepto bananas. Essas descasco sem lhe tocar e depois lavo as mãos antes de a comer.

Comentar post




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Calendário

Junho 2020

D S T Q Q S S
123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930


Comentários recentes




Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D