Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Bom dia cara leitora,

 

eu não vou presumir falar de algo mais que não seja a perspectiva de uma solteira que necessita de poupar. Não sei mais que isso e mesmo aí encontro vários desafios.

 

Relativamente às suas dificuldades com o papel de "estratega de poupança", gostaria de começar por dizer que deve reconhecer as limitações que possui: é humana e o dia tem apenas 24 horas. Aceite-o, conforme-se com essa realidade e permita-se não se auto-recriminar. Porque na verdade, estou certa que não recriminaria ou julgaria outra mãe ou pai que lhe confessasse as mesmas dificuldades.

 

 

Orçamento familiar

Quanto ao valor que deveria almejar para o seu orçamento, confesso que sempre resisti a esse tipo de raciocínio. Cada caso é um caso pelo que deverá tentar poupar o que puder em todos os itens e, por arrasto, isso levará a poupança.


Planear refeições - introdução


Para o planeamento de refeições, eu uso um truque que penso que para alguém muito ocupado, poderá ajudar. Eu aloquei um dia por semana para cada "tipo de refeição":

 

2ª feira - dia de pão e sopa ou vegetariana

3ª feira - dia de carne branca com arroz/massa

4ª feira - dia de peixe congelado

5ª feira - dia de conservas

6ª feira - dia de carne branca com batata/massa


Geralmente o sábado é para peixe fresco e o domingo para os assados, bacalhau com natas e esse tipo de coisas. Dependerá muito dos meus compromissos familiares pelo que nem sequer planeio esses dias.


Notará que eu não como carne vermelha... mas a boa notícia é que pode ajustar o plano à sua família.  Assim, evito dois problemas que tinha: repetia muitas vezes algumas refeições e perdia muito tempo a planear.


Depois e sem complicações, criei 4 refeições para cada tipo (4 bocados de papel rasgado fazem bem o serviço). Por exemplo, no dia de conservas:

 

feijão frade com atum (conserva),
feijão preto (conserva) com legumes (o que tiver para gastar) com arroz branco
batatas cozidas com atum (conserva) e cebolada
grão de bico (conserva) com bacalhau

 

As conservas são a minha batota. Poderia poupar mais, se cozinhasse de raiz os ingredientes, mas detesto cozinhar, não tenho panela de pressão para rentabilizar a cozedura e não tenho arca para guardar. Aceito isso como minhas limitações e compro latas de alguns ingredientes. POUPO-ME.


E pronto, um mês de planeamento. No mês seguinte repito. Isso significa que vou comer o mesmo prato uma vez por mês.

 

E isso só com as minhas refeições preferidas (comecei este plano quando percebi que estava a comer três refeições seguidas de feijão preto com arroz - ADORO!!!).

 

Quando digo "batata", "massa" ou "arroz", isso dependerá da forma como desejar cozinhar: batata cozida, frita, assada ou em puré?

 

E pronto. Faz um plano uma vez e repete. Só consegue fazer 2 exemplos de refeições por dia? Faça-o e repita na 2ª quinzena. Nenhum elemento da família irá morrer porque comeu um prato igual de quinze em quinze dias.

 

Permita-se algum descanso. Peça aos restantes membros da família para colaborarem com propostas para cada tipo de refeição para que seja de todos.

 

Crie um dia para pizza caseira ou de cachorros... coisas simples e/ou rápidas.

 

Quanto mais exemplos tiver para cada dia, mais rapidamente combinará o plano com as promoções.


Planear refeições - alguns atalhos


Já tem o plano mensal feito. Não tem de voltar a planear refeições de forma tão intensa... sempre a pensar: o que faço eu com isto? Hoje o que vou deixar a descongelar? E o que faço agora que me esqueci de descongelar aquilo? [ok...essas eram as MINHAS perguntas!]

 

Num dos dias que poupou tempo em não planear semanalmente, vai aproveitar para olhar para o seu plano de refeições e procurar os atalhos.

 

Atalho nº 1: sobras

 

Vou dar o meu exemplo. Aposto que já adivinhou: feijão preto com arroz branco. ;)


Eu abro uma lata das grandes e junto-lhe legumes (tomate, cenoura, alho francês, courgette...) e cozinho tudo (eu gosto do feijão bem cozido). E faço arroz branco a mais. Depois, congelo o que sobrar para outra refeição. Congelo tudo junto porque é assim que gosto de comer: tudo misturado.

 

Este é o MEU exemplo. Certamente encontrará outros nas suas refeições preferidas.

Com esse atalho eu posso não cozinhar na semana seguinte (se conseguir resistir a não o comer até lá). Menos um dia na cozinha YUPIIIIII!!!!


Atalho nº 2: pré-preparados caseiros

 

Outra comida que gosto: lasanha ;)


Lasanha de bacalhau, lasanha de vegetais, lasanha de carne...

 

Por isso, de vez em quando faço uma quantidade generosa de molho bechamel e faço várias lasanhas para congelar. Costumo fazê-lo em dias de carne branca porque assim também faço o jantar, que se quer descomplicado porque vou gastar algum tempo para as lasanhas.

 

Assim, costumo fazer uma panelona de carne de peru ou frango picada, em regra com legumes picados e muuuuuuito tomate:
- nessa noite o jantar é carne picada com esparguete cozido;
- dose extra para lasanhas;
- dose extra para outra dose de carne picada com esparguete;
- dose extra para dose de carne picada para empadão.

Ena!!!

Dias sem cozinhar = tempo para namorar

 

Poupança na cozinha

 

Mas agora deverá estar a perguntar-se: onde diabo pára a poupança?

 

Ora... quando acha que irei fazer a panelona de carne de peru? Quando a apanhar em promoção, claro!

Não há promoção? Vou comendo "do congelador" que só tem itens que vou comprando em promoção.


E como poupar tempo na poupança?


Utilize os blogs de poupança, que vão fazendo algum do trabalho.
Por exemplo, tenho tentado fazer sempre uma comparação de itens-chave como carne, fruta e peixe. Para esta semana já comecei na carne e até deixei 3 exemplos de refeição para a pá de porco. Que tal um assadinho para o fim de semana? Com este frio sabe bem o quentinho do forno.


A carta vai longa.


Aqui é a parte em que estamos a colocar as mãos à cabeça e a pensar: como eu poderei fazer tudo isto? Mas esqueceu-se que o pedido era relacionado com a falta de tempo?


Verdade.
Mas a melhor parte é que este elefante pode ser comido com uma dentada de cada vez.
Pode começar por planear apenas um dia da semana, por exemplo.
Pode começar por planear apenas com o que tem no congelador e nos armários.
Vários pequenos passos e seguros levá-la-ão muito mais longe que um único grande passo que não teve forças de repetir.

Autoria e outros dados (tags, etc)


Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Calendário

Janeiro 2014

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031


Comentários recentes

  • Descontos

    Confesso que nunca me ocorreria essa utilização. S...

  • Ricardo_A

    Se funcionar bem também é bom para quem tenha cria...

  • Ricardo_A

    Eu não procurei nem vou comprar este produto porqu...

  • Anónimo

    achei interessante aquele produto do bazarão«chuve...

  • Anónimo

    Obrigado.



subscrever feeds


Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D