Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]





As cerejas...

23.05.18

Pinhao_2018 (14).JPG

Fica o aviso que as cerejas estão a chegar. São menos e mais pequenas, mas são docinhas e já se encontram pela N222 a €7.50 e €5.00, o quilo. a caixa de 2 kg.

 

Claro que, eu fui das que comprou a €7.50 e depois veio a descobrir que mais à frente estavam a €5.00. 

 

Noutra nota, vim para casa com 7 garrafas de plástico no carro + 2 copos de plástico. Tudo lixo que não era meu. Ao longo do dia, fui vendo inúmeras garrafas de plástico ao longo da estrada. Uma vergonha, para quem as deixou lá.

 

Eu não comprei água durante todo o dia, porque levei 5 garrafas reutilizáveis, pequenas, para ir tirando da geleira. Assim ficam fresquinhas o dia todo.

Outro truque é congelar água de meia garrafa e acabar de encher com água natural. Assim, a água vai descongelando durante o dia e têm água sempre fresca.

 

Está aberta a época dos passeios.

Autoria e outros dados (tags, etc)


4 comentários

Imagem de perfil

De Martins a 23.05.2018 às 09:13

Bom dia Cristina,

Não resisti a vir aqui comentar... O grande Douro que alberga quilómetros de paisagens fantásticas e tão diversas entre si...

Não sei se o dia terá sido solarengo, mas em compensação não estará o "forno" habitual no dias de Agosto...

Pessoalmente o Douro fica mais interessante da Régua para cima, mas antes ainda podemos fazer uma paragem como julgo que a Cristina fez em Resende ou Armamar para umas belas cerejas...

Depois seguir viagem até à Régua, aproveitar para parar no Museu do Douro, e apreciar a paisagem que daí em diante o homem moldou nos últimos 3 séculos e que é património mundial, os belos socalcos...

Pelo meio passamos pela Vila de Pinhão onde recomendo uma visita à Quinta das Carvalhas de preferência com direito a provas dos fabulosos vinhos que por lá se fazem.

Mais uma vez pegamos nas "trouxas" e podemos aproveitar o que falta da N222 (considerada a melhor estrada do mundo ver aqui https://goo.gl/H6oztN), e chegados a Vila Nova de Foz Côa, porque não terminar a viagem em beleza, em mais um património mundial da Unesco, as célebres gravuras rupestres do Paleolítico...

Roteiro para um fim de semana bem preenchido, e máquina fotográfica bem afinada, pois não faltaram motivos para um bom "flash"!

"Disclaimer:" Perdoe-me o testamento, mas sou neto de transmontanos de Alijó (Favaios), e tenho uma grande paixão pelo Douro!
Imagem de perfil

De Descontos a 23.05.2018 às 09:52

Deixe falar-lhe da minha paixão. É tal... que quando cheguei ao miradouro de São Leonardo da Galafura, roubei uma pedrinha de xisto que agora me acompanha em todas as viagens de carro, já há uns bons 15-20 anos.
É o meu amuleto da sorte.

Se não vou ao Pinhão, pelo menos uma vez por ano, sinto-lhe a falta como se não tivesse ido à minha terra visitar os parentes.

O meu percurso habitual costuma ser : sair de manhã, seguir pela 108 até à Régua (não saí em Resende, desta vez). Almoçar pelo caminho, parando em um ou outro miradouro.
Parar na barragem do Carrapatelo para ver um dos barcos a passar (se nunca o fizeram, pelo menos uma vez) e desta vez até comprei boa fruta.
Continuar (non stop) até ao Pinhão, já pela magnífica N222) e aí me sentar no cais pequeno a comer a fruta comprada pelo caminho.
(Felizmente apareceu uma nuvem para encobrir o sol forte.)
Voltar a casa pela auto-estrada.

Fiz uma mini pausa em Tormes, porque passar junto à Fundação Eça de Queiróz e não parar, é quase criminoso. Um dia ainda faço o caminho de Jacinto.

A próxima será assim:
Gaia/Régua pela autoestrada e depois N222 até São João da Pesqueira e volta.

Vila Nova de Foz Côa é já longe para um passeio de um dia, a que me encontro limitada.
Imagem de perfil

De Martins a 23.05.2018 às 14:32

Obrigado Cristina por "mostrar" um pouco mais de si, é isso que gosto neste blog, tão depressa fala de promoções de hipers, como fala das suas experiências mais quotidianas...

Eu diria que é quase impossível ficar indiferente a tanta beleza junta por m2.
Eu fui "educado" desde bem pequenino a ir nas férias lá, os meus avós tinham umas vinhas, e eu ainda devo ter aqui perdido nalgum álbum uma fotografia, onde eu na inocência dos meus 3 ou 4 anos, estava a "roubar" bagos de uvas debaixo de uma videira (eram docinhas :-) ).

Cresci a adorar aquelas paisagens, aquelas gentes, é de uma paz de espírito incrível, fintava o 3 meses de inferno do douro dando uns mergulhos na minha juventude, aprendi a nadar no Tua (água mais calminha).

Viajei no comboio do Douro, do Tua (este infelizmente votado ao abandono por uma barragem inútil - recomendo ver o documentário de Jorge Pelicano "Pare, Escute, Olhe" sobre o Tua ou o documentário de António Barreto "As Horas do Douro").

Quanto à escolha do miradouro de São Leonardo da Galafura, é realmente de uma vista fantástica, já andei "perdido" por aí a fazer Geocaching e Orientação, e é engraçado ver a Cristina falar com um "brilhozinho nos olhos" do Pinhão, isso é que foi amor à primeira vista!

Eu também não há um ano que não me perca por aquelas paragens, eu costumo ir no verão em Agosto, além de encontrar mais malta conhecida (regressam da emigração) existe uma parafernália de festas e romarias, cada freguesia ou lugar tem a sua, dá sempre para um pezinho de dança.

E o cais do Pinhão é fantástico, foi uma bela obra, pois eu ainda me recordo daquela zona sem o cais e sem o Vintage House Hotel, que aí sim, ter-se-á uma vista arrebatadora sobre o Rio Douro e os socalcos.

A diferença na viagem é que eu costumo ir pela margem sul do Rio, e a Cristina deve ter ido pela margem norte, mas acredite que ainda existe muito para explorar...

Um dos exemplos é o cais da Sra da Ribeira (onde o ex-PM Inglês John Major tem uma casa) que é de uma beleza rara (lembro-me bem de uma figueira pingo de mel junto ao Rio, onde se pode deliciar no verão com dos melhores figos do mundo a 100%) e onde tive a honra de navegar num barco de pescadores, e é impressionante como ficamos tão "pequenos" quando rodeados por aqueles imponentes vales.

Numa próxima, ouse percorrer o Rio mais para montante e entre no Douro mais "selvagem", no Parque Natural do Douro Internacional, e se quiser explorar um pouco mais, faça a rota da Terra Fria (https://goo.gl/2JYiSi).

O que não falta é locais para um passeio neste paraíso à beira-mar plantado", quanto mais não vale isto a mil Seychelles ou Cancun!

Ir para fora cá dentro, é mesmo o melhor remédio!

PS: Por acaso nunca fui à fundação do Eça (my bad), ainda para cima a minha mãe devorou os livros todos dele (eu menos), mas realmente deve ser fantástico reviver quase que como um filme, dar cada passo a lembrar-mo-nos das passagens do livro "A Cidade e as Serras", e quem melhor do que o próprio Eça para descrever esse cenário idílico:

"Os vales fofos de verdura, os bosques quase sacros, os pomares cheirosos em flor, a frescura das águas cantantes, as ermidinhas branqueando nos altos, as rochas musgosas, o ar de uma doçura de paraíso, toda a majestade e toda a lindeza. Deixando resvalar o olhar observe os vales poderosamente cavados (…) os bandos de arvoredos, tão copados e redondos de um verde tão moço e sinta, por todo o lado, o esvoaçar leve dos pássaros."

PS1: Desculpe o testamento, mas a conversa é como o título do seu post... Cerejas... Bem Haja Cristina pelo seu bom gosto!
Imagem de perfil

De Descontos a 23.05.2018 às 19:59

Obrigada por tudo.
Vou anotar na agenda a dica do cais da Sra da Ribeira. Já fui ver fotos e fiquei desejosa de lá ir.

Comentar post




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Calendário

Maio 2018

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031


Comentários recentes

  • Sandra

    Estimo as suas melhoras!Bom São João..! eu vou fu...

  • Anónimo

    Também já recebi os chocolates

  • Ricardo_A

    No caso de se fazer o chá a frio, a sugestão que d...

  • Gorduchita

    Bom fim de semana!

  • Lurdes

    Participei no dia 15 e já recebi ontem o montante ...




Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D