Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



DSCF2033.JPG

 

Eu não gosto de cozinhar e, se não me forçar a cozinhar para uma, acabo por saltar refeições ou comer porcarias algures.

Por isso, não  se surpreendam que da cozinha de solteira saiam muitas refeições rápidas. 

 

A mistela que veêm  é uma das minhas receitas preferidas de comida rápida - aquela que só começo a fazer quando a hora de jantar vai longe e a fome começa a apertar. 

 

Massa cozida com bróculos e queijo mozzarella:

 

uma mão cheia de massa a gosto

alguns talos de bróculo congelado

uma pitada de sal

queijo mozzarella ralado q.b.

 

Eu gosto da minha massa muito cozida, por isso começo a cozer a massa com uma pitada de sal e só depois adiciono o bróculo (que prefiro menos cozido). 

Depois de cozido, retiro do lume e escorro e adiciono o queijo ralado. Envolvo bem até o queijo derreter com o calor da massa. 

Pronto a servir.

 

Frases repescadas de posts antigos ( alguns dos meus preferidos):

 

Disfarce a falta com a fartura

Com crianças as coisas são sempre um pouco mais complicadas. Mas poderá ser possível usar de alguma criatividade. Por exemplo, disfarce a falta de queijo e fiambre com um lanche com panquecas ou scones, ambos fáceis de fazer e capazes de fazer as delícias de qualquer miúdo. Umas panquecas demoram poucos minutos a cozinhar e levam apenas 1 caneca de leite, 1 caneca de farinha, 2 c. sopa açúcar (ou a gosto) e 1 ovo. Já agora, as panquecas comem-se muito bem frias pelo que podem ser utilizadas em lanches para a escola. (daqui)

 

Quando os preços não são convidativos, eu aproveito para experimentar as diversas marcas "brancas" (uma de cada vez, claro). Experimentar é mesmo isso, não é comprar em quantidade. Ter várias marcas no leque de produtos aumenta a probabilidade de aproveitar uma boa promoção. (daqui)

 

 

A poupança - a verdadeira poupança - surge no ajustar de pequenos comportamentos, produto a produto, cêntimo a cêntimo. A poupança está em escolher os frescos da semana que estejam em promoção, para preparar as refeições; está em escolher frutas de época e locais, em detrimento das frutas importadas e fora de época; está saber que o mesmo queijo custa €6.00/kg no balcão e €11.00/kg embalado; está em saber eliminar produtos que não são necessários; está em saber que o preço promocional por rolo de papel higiénico simples é de €0.10 e procurar sempre comprar a esse preço...

A realidade é que poupamos um cêntimo, um euro de cada vez e é assim que encontramos o equilíbrio entre aquilo que precisamos e aquilo que temos disponível. (daqui)

 

Antes de mais  é preciso ter presente que, o stock não é um volume de coisas, mas um investimento, reflecte um conjunto de produtos que foram comprados ao menor preço possível ou obtidos de forma gratuita e que estão armazenados para utilizar durante os períodos em que os produtos não estão em promoção. (daqui)

 

A arte de não gastar

Claro que até aqui estão a pensar que entrei na hora da parvoíce. Mas eu refuto que não gastar também é uma arte e que pode ser aprendida, aprimorada e elevada ao mais alto nível. E, quem sabe, dar equivalência a um qualquer grau académico. (daqui)

Já foi há algum tempo, o último post sobre o desperdício alimentar. Infelizmente tenho novos exemplo que estraguei. Mas também tenho um caso de sucesso que ocorreu na sequência de um desastre.
WP_20160603_001.jpg
 

Meia cebola. Deixei num saco, no frigorífico, quando deveria ter congelado.

WP_20160606_002.jpg 

Uma laranja. Não gastei a tempo e encontrei-a assim.

WP_20160610_001.jpg

 

Moles. Deveria tê-los transformado em manteiga de amendoim, ou tostado para ver se se aproveitavam. A verdade é que a minha primeira reacção foi deitá-los ao lixo. 

 

Ainda, mas sem foto:

meio pacote de natas vegetais

um pacote de massa folhada, de 2013 (!?)

1 dose de caldo verde (que deveria ter sido congelada)

 

Arroz integral doce

 

Esta semana dei-me por vencida e decidi comprar arroz branco. Continuo a não conseguir fazer um arroz integral decente, nem com o truque de demolhar + escoar.

 

Esta semana, estava eu a cozer o arroz e aparecem-me visitas em casa. Para não voltar a queimar tudo, desliguei o fogão. Resultado, quando voltei à cozinha, tinha o arroz em papas.

 

Pensei: não vou desperdiçar, vou congelar em porções e colocar em sopas. Mas acabaram-se as caixas de alimentos pequenas.

Foi aí que resolvi juntar leite, canela, açúcar e casca de limão. E assim nasceu o arroz integral doce.

WP_20160626_001.jpg 

Vou descongelar as 5 mini porções e fazer mais. Só porque preciso das caixas! Só por isso.

Esta semana precisei de fazer um pequeno remendo numa camisa queimada por cigarro. 

Optei por uma entretela dupla (cola adesiva de um lado e cola térmica do outro), que me permitiu colar um pouco de tecido de camisa (que aproveitei) e fazer um remendo dos dois lados do tecido.

DSCF1114.JPGDSCF1117.JPG
 

Tive sorte, era numa zona que fica dentro das calças.

DSCF1115.JPG 

DSCF1116.JPG 

É uma das camisas preferidas do meu pai. Assim que a levei, vestiu-a de imediato.



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Calendário

Novembro 2020

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930


Comentários recentes

  • infp

    nem a calhar! a ver se tiro a minha nikon do armár...

  • simplesmente...

    Obrigado pela informação.Bom fim de semana.

  • Joana

  • Descontos

    Sim, mas os restantes valores, dariam um desconto....

  • Joana

    Cristina se os 10€ de desconto no PD que fala é da...




Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D