Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Este post será actualizado à medida que os talões cheguem. Eu sou pela criação de limites nas quantidades a comprar, mas esses limites têm de ser afixados na loja, previamente.

 

 


59 comentários

Sem imagem de perfil

De Raquel a 23.07.2013 às 09:39

Ontem comprei 27 latas (a distribuir por 4 casas) e fez directamente os 100%.
Não tinha qualquer informação sobre limites, na caixa ninguém me disse nada e assumiu tudo direitinho...

Aliás direitinho não. Com a questão dos arredondamentos acabei por pagar 0.06€ :P
Sem imagem de perfil

De Raquel a 23.07.2013 às 09:40

Na hora de almoço vou tentar digitalizar o talão para enviar
Sem imagem de perfil

De Sandra Mendes a 23.07.2013 às 09:41

comprei 12 a 100%
Sem imagem de perfil

De Jorge M. a 23.07.2013 às 10:46

Uma funcionária do de S. João da Madeira disse que todos os artigos têm limite de 99 unidades independentemente de estarem ou não em promoção. A informação pareceu-me improvisada na hora, mas nem me dei ao trabalho de a testar. É a desculpa habitual "o sistema não aceita..."

De qualquer forma, os limites parecem-me impostos pelas lojas em função dos stock e da velocidade de escoamento.

Na loja online estavam ontem com limite de 10unid.
Sem imagem de perfil

De icosta a 23.07.2013 às 22:23

é verdade sim senhor pq já uma vez aconteceu levar 1 cx de 100 latas de atum (nem tinha promoção- foi a pedido de um amigo que tem um restaurante) e a cx bloqueou. O menino da cx disse que tinha 2 hipóteses: ou levava só 99 ou ele ligava para o chefe para ele autorizar e depois tinha de vir outra pessoa à cx para desbloquear a conta.
Preferi a 1ª hipótese.
Sem imagem de perfil

De Anabela G. a 24.07.2013 às 20:28

nada improvisada na hora. Trabalho num continente e é assim mesmo
Sem imagem de perfil

De Andreia a 23.07.2013 às 11:10

Agora entendi porque acaba o stock e uns levam tudo e os outros vem navios...
Eu sou contra estas situaçoes, dai ser a favor dos limites, nao de 6 mas pelo menos 12.
Sem imagem de perfil

De Joao Carlos a 23.07.2013 às 11:45

Depende da forma como encararmos a situação e a compra. Se pegar nas 96 unidades e dividir por 4 casas por exemplo já dá 24 latas por habitação, não são muitas. Se encararmos numa situação de efectuarmos uma doacção a instituição até podem ser poucas. Tudo bem que é aborrecido fazer a deslocação e não ter mas isso quem chega primeiro não tem culpa. Acima de tudo há que ter atenção para não se comprar e se estragar.
Sem imagem de perfil

De Vitor a 23.07.2013 às 12:30

é pena é depois as pessoas que chegam à loja para comprar umas 4 ou 5 latinhas para comerem não terem stock nas prateleiras. Acho muito bem que existam limites porque já não é a primeira vez que vejo carrinhos literalmente a abarrotar dessas salsichas e as outras pessoas que se seguiram não puderam comprar nada!
Sem imagem de perfil

De Anabela G. a 24.07.2013 às 20:31

o meu ponto de vista é que desloco-me muitas vezes para comprar algo e alguns egoístas já compraram tudo com a desculpa que é para instituições ou para a tia ou o tio que esta desempregado
Imagem de perfil

De Descontos a 24.07.2013 às 21:36

Parece que terá tirado o dia (a julgar pelos diversos comentários que li) para exercer o seu direito a julgar quem não conhece e a comentar do que claramente não sabe.

Recomendo moderação na linguagem. Aqui, escreve entre pessoas sérias e educadas e se não compreende isso, recomendo que procure outro local.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 23.07.2013 às 11:49

Totalmente de acordo. . .
Sem imagem de perfil

De Ludmila a 23.07.2013 às 11:30

Não estou a perceber, como estão a fazer 100% nestas salsichas!
Imagem de perfil

De Descontos a 23.07.2013 às 14:06

Ontem estava ainda em vigor o folheto em que as salsichas estavam com 75% de desconto. Algumas pessoas tinham um cupão de 25% desconto em em conservas.
Sem imagem de perfil

De teresa a 23.07.2013 às 11:36

COMO SÃO OS 100%??? ALGUEM EXPLICA?
Sem imagem de perfil

De sonia s a 23.07.2013 às 11:44

estes 100% só foram possiveis ontem... 75% de desconto das salsichas em folheto e 25% em cupão enviado ctt ( 25% em conservas) faz os 100%
Imagem de perfil

De Descontos a 23.07.2013 às 14:06

Ontem estava ainda em vigor o folheto em que as salsichas estavam com 75% de desconto. Algumas pessoas tinham um cupão de 25% desconto em em conservas.
Sem imagem de perfil

De daniel almeida a 23.07.2013 às 12:07

como faco para enviar o talao dos 100% desconto
Sem imagem de perfil

De Vania a 23.07.2013 às 12:18

So consegui trazer 99 a caixa nao passa mais dessas unidades numa so compra, sera isto alguma lei? Alguem sabe? Tambem dividi por 4 casas.
Sem imagem de perfil

De Anabela G. a 24.07.2013 às 20:32

regra da casa. Quem quer quer ..
Imagem de perfil

De Descontos a 24.07.2013 às 21:40

Há uma série de dispositivos legais que regulam o local onde trabalha. Se não os conhece posso fazê-los chegar. Escusa assim que dar "mau nome" à sua empresa, passando informaçãoes que não são verdadeiras e demonstrando a sua ignorância em matérias que deveria (por força da profissão) conhecer.
Sem imagem de perfil

De Vania a 23.07.2013 às 12:19

So consegui trazer 99 a caixa nao passa mais dessas unidades numa so compra, sera isto alguma lei? Alguem sabe? Tambem dividi por 4 casas.
Sem imagem de perfil

De asturmas a 23.07.2013 às 12:21

Cheira-me a uma estúpida limitação do sistema informático (2 para 3 dígitos)...
Sem imagem de perfil

De Ines Sousa a 23.07.2013 às 12:32

Eu também concordo com os limites afixados pela loja. Durante a promoção dos 75%, o meu Continente não afixou limites o que fez com que artigos como o detergente desaparecessem em poucos segundos após a abertura e pela mão de uma só pessoa.

Eu percebo que quem compra 80 ou 90 unidades diga que é para dividir por familiares e afins mas mesmo assim, será preciso tanta unidade? Eu também compro sempre para dividir por duas casas e nas salsichas a 100% só trouxe 12 unidades. Dá 6 latas para cada casa e visto que é um produto que de saudável nada tem, é mais do que suficiente. E as promoções em salsichas aparecem semanalmente: um 100% não se consegue sempre, mas um 75% ou 50% já é comum neste tipo de produto.

A não existência de limites origina situações que me deixam sem palavras. Ontem, quando me dirigi à ilha das salsichas de aves, estava lá uma rapariga a empilhar paletes no seu carrinho. Eu coloquei-me do lado oposto e comecei a tirar as minhas míseras 12 latas. A pessoa em questão lança-me um olhar carregado de ameaça e diz a alto e bom som que tinha lá chegado primeiro e que tinha direito a servir-se primeiro para garantir que levava as quantidades desejadas. Esta situação deixou-me pasmada, primeiro porque salsichas era o que não faltava naquele local, segundo porque são salsichas! Um produto enlatado totalmente dispensável que não faz falta à alimentação de ninguém. Se algum dia houver leite normal a 100% sem limite de quantidades então nem quero imaginar como será.

A desculpa do "cheguei primeiro" não é válida. Se todos pensassem assim, a vida em sociedade seria mais complicada do que já é atualmente. Eu sou incapaz de limpar um prateleira seja do que for, produtos a 100% ou vales de expositor, porque penso sempre naquela pessoa que só sai do trabalho às 18H00 e também quer aproveitar a promoção ou oferta. Mas são opiniões e cada cabeça sua sentença.
Sem imagem de perfil

De Vitor a 23.07.2013 às 12:37

é há conta destas pessoas que açambarcam tudo que isto dos 100% vai acabar rapidamente ou pelo menos acalmar bastante. :(
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 23.07.2013 às 12:40

Concordo inteiramente com o que disse, acho que não devemos se egoístas e querer tudo para nós também á muito boa gente que necessita e talvez mais que nós.. Por favor pensem nisso ao dividirmos estamos a ser mais humanos e a pensar também no próximo. Pensem que um dia podem ser vocês a chegar á prateleira e a não ter nada e se calhar até era uma altura que estavam em necessidade..
Sem imagem de perfil

De Andreia a 23.07.2013 às 12:47

Ines se fosse o leite as pessoas iam armadas para o supermercado. Se essa senhora me dissesse isso perguntava lhe se nao chegava para ela!

Eu fui a dois supers e estavam esgotadas e cheguei la as 9 e 9.30.
Decidi encomendar com a garantia que me dao os 75% visto ser feita ontem.
E mesmo sendo por encomenda pedi 10 und quando podia pedir 100.
Ha que pensar nos outros e nao so no nosso umbigo, eu por exemplo e raro arranjar promoçoes malucas porque so saio as 5 da tarde e buscar a minha filha entao buscar sao 18h, ou seja ja nao se encontra nada!!

Sem imagem de perfil

De Rita Pereira a 23.07.2013 às 13:08

Andreia, a mim não aceitaram fazer reserva... No continente da Amadora!
Sem imagem de perfil

De Raquel a 23.07.2013 às 13:38

Também não me deixaram fazer encomenda. Dizem que não podem reservar/encomendar produtos que estão em promoção.
Sem imagem de perfil

De Andreia a 23.07.2013 às 14:02

A mim deixaram, foi no maiashopping!
A mim e a tantas outras porque ela disse que tinha varios pedidos!
Eu perguntei se mantinham a promoçao visto ter perdido a oportunidade com o miolo de camarao e ela disse que sim porque era artigo de folheto e o miolo era promoçao do dia....

Espero que nao me enganem de novo e depois venham com mais desculpas, como sempre...
Sem imagem de perfil

De célia a 23.07.2013 às 14:33

OLá,
Encomendou directamente no hiper, ou pela Net?
Se encomendarmos na net, usufruímos à mesma dos descontos? Sejam eles 75%, 100% ou 125%?
Sem imagem de perfil

De Andreia a 23.07.2013 às 15:01

Celia eu encomendei directamente no hiper no balcao. E o ultimo dia era ontem
Sem imagem de perfil

De célia a 23.07.2013 às 15:02

Sim, sim. Eu sei... mas era só para saber para futuras vezes...
E eles reservam? Engraçado, pensei que isso fosse coisa de mini mercado... Nc pensei que no continente tb o fisezzem, mas optimo sinal :)
Sem imagem de perfil

De Andreia a 23.07.2013 às 16:03

Eu tambem nao sabia, quando fui comprar o miolo de camarao a senhora de la e que me disse que dava.
Mas atençao que se for promoçoes do dia, ou seja como ontem que era 50% em bolachas nao da para aproveitar porque eles nao assumem o desconto.
Sem imagem de perfil

De icosta a 23.07.2013 às 22:33

Isto faz-me lembrar uma promoção que houve de edredons há uns 3 anos. Era só chegar à prateleira que desapareciam logo. A cena que eu vi passou-se quando 2 «senhoras» agarraram o último edredon ao mesmo tempo, cada uma do seu lado e nenhuma queria largar.
Nem diziam nada só que cada uma puxava para o seu lado. Por sorte chegou uma palete de edredons naquela hora e 1 delas resolveu ceder.
Parecia mesmo aquele anúncio do óleo fula que dava na TV! Se calhar foi inspirado nesta cena...
Imagem de perfil

De Descontos a 23.07.2013 às 13:01

Não discuto sequer a postura da senhora. Enfim, educação é algo que é gratuito e ainda assim parece que é chá que nem todos desejam "beber".

Esta questão das quantidades tem que se lhe diga. Não é de todo linear. Eu sempre defendi que deveriam fixar limites. Todavia, os mesmos têm de ser afixados e transparentes e serem realistas. Há alguns tão baixos que são mera publicidade - não compensa ir lá para poupar tão pouco, é mera pseudo-promoção.

Quem faz compras como eu (quantidade maior no preço ideal), naturalmente poderá parecer uma ave rara que vai à caixa com X produtos iguais. Mas eu não vou a uma pequena loja de bairro. Vou a uma loja com milhares de clientes (só nessa loja) e que anuncia um produto com determinado preço para esses milhares de clientes, durante esse período.

Eu não sei qual o destino que se dá a 90 latas de salsichas (não é um produto que consumo), mas conheço algumas IPSS para quem essas salsichas seriam uma bênção. Acredito que haja uma ou outra pessoa por aqui que pense o mesmo. Aliás, a julgar pelos testemunhos que me têm chegado (a propósito das bolas, dos donuts, dos douradinhos), já conseguiria fazer uma pequena lista da IPSS que vão beneficiar de cempercente.

Por isso, reservo sempre o meu julgamento. Não o quero precipitado. É-me difícil fazer a ponderação da necessidade da família que vai às 19 (como é o meu caso) e a da tal instituição.

Neste momento, tenho alguns projectos em casa pelo que me auto-limitei nas compras para cabazes sociais, mas devo dizer que a tentação de salsichas de aves a 75% foi muita.
Sem imagem de perfil

De Ines Sousa a 23.07.2013 às 14:16

Cristina, apesar da minha opinião expressa acima não posso deixar de concordar com todo o seu comentário.

É verdade que comprar em maior quantidade pode servir para ajudar várias instituições ou famílias, mesmo sendo bens menos necessários ou saudáveis. E faço uma vénia a quem pode comprar para oferecer a quem realmente necessita :) O meu orçamento nem sempre o permite mas quando posso também o tento fazer, ajudando especialmente famílias carenciadas que me são próximas.

No entanto, o tal limite deverá existir para poder servir os tais milhares de clientes. Também concordo que este deve ser adequado à superfície comercial em questão e ao tipo de produto a que se refere. Um limite de 12 unidades num hipermercado é claramente baixo para uma única referência de produto mas o limite informático de 99 talvez será alto de mais para ser suportado durante uma semana, caso a maioria dos clientes leve essa quantidade. Acho que, a título de exemplo, o limite colocado nas bolachas (30 unidades por referência) já foi um meio termo aceitável.

Apesar de agir de acordo com a minha consciência, também não faço juízos de valor sobre as atitudes dos restantes clientes, salvo má educação e outras situações lamentáveis. De resto, cada um compra consoante aquilo que acha que necessita. Só não gosto é de assistir a lutas desenfreadas por causa de salsichas ou douradinhos :D
Imagem de perfil

De Descontos a 23.07.2013 às 14:44

Sim, é tudo uma questão de proporção e bom senso. A linha é que é bastante complicada de ajustar. Também não deve ser fácil para uma superfície estabelecer/escolher esses limites.

Com efeito os limites são algo de necessário (como aliás sempre defendi e fiz questão de mencionar logo no post acima), mas acredito que tem de haver transparência e realismo. A lei limita para evitar açambarcamentos, mas isso tem de ser afixado.

O que é açambarcar também pode ser discutido, mas o que me assusta é muito mais esta sensação de ter de comprar JÁ porque não sabemos o dia de amanhã... sinto em tudo uma grande urgência associada a medo do futuro e isso preocupa-me.

Também há malta tolinha ;) Mas isso não é só em relação às compras.

E não nos enganemos que existem também pequenos comerciantes que aproveitam estas oportunidades de ir buscar produto grátis.

De certa forma, também nos cabe a nós, como clientes a responsabilidade de ajustar o sistema: reclamar/sugerir quando acharmos que as coisas não estão a funcionar como deveriam e actuar de acordo com as regras estabelecidas pelas marcas e lojas, quando forem correctas e sérias.

Por isso, defendo, desde o 1º minuto deste blog que tem de haver uma ética na utilização dos vales de desconto.
Sem imagem de perfil

De Bluege a 23.07.2013 às 15:44

Recordo-me de um cempercente (Alecrim Dourado 3L no Continente) que não tinha nada afixado e estava limitado a 4 BIB's. Só na caixa soube da limitação. Apenas trazia 10 (30 litros de vinho) o que não considero muito. Considero uma quantidade que me deixava satisfeito e permitiria outros aceder à promoção.
Desta vez nas bolachas estava de facto a limitação a 30, o que vendo bem é uma não-limitação pois sendo por referência poderia trazer 30 de cada tipo de bolacha, o que seria bastante...
Imagem de perfil

De Daniel Mesquita a 23.07.2013 às 16:01

Recebi relatos de diversas compras de diversas quantidades e a acrescentar posso garantir que no último promoção ainda havia de tudo e em grande quantidade nas prateleiras corredores. Também não julgo ninguém, pois basta ter 3 ou 4 casas com querira se partilhar (já para não falar em instituições) e as 90 latas não são infelizmente nada. Imagine-se 1 compra para 4 casas em que cada casa tem 4 pessoas, são cerca de 5 latas por pessoa, em que o artigo tem validade de anos com consumo assim assegurado e em muitos casos infelizmente muito necessário.
Sem imagem de perfil

De marta c. a 23.07.2013 às 16:43

Pois eu tb não acho que seja muito, eu só queria comprar 30, não consegui porque a loja ou lá quem seja impôs um limite de 12. Ontem e hoje já ouvi mais de 5 desculpas diferentes, enfim. Como eu queria comprar algumas para mim e outras para dar, fiquei.me pelas 24, e só porque no outro cartão tinha outro cupão igual.não sou contra quem trouxe mais, mesmo porque sei que a maioria dessas pessoas o faz para doar, como eu tb faço muitas vezes a quem necessita.... necessitando eu tb.sou contra estas leis das lojas, porque se numas se pode trazer grandes quantidades, porque não nas outras. Eu hoje não fiz nenhuma reclamação , nem tinha ideia de tal, apenas apresentei o talão de outras lojas, talvez assim abram os olhos . Porque é que numa loja eu não consegui , e a 15 km foi a bombar , depois vêem dizer que as distritais, ou regiões, ou lá o que é , é que dão ordem! Tudo mentira só pode. A mim ninguém me tira dá cabeça que se a loja quiser não o faça. Fiquei mesmo irritada com essa situação, e não pelo facto de a ou b terem conseguido mais, um bem haja a quem o conseguiu e a minha pena por quem nem uma latinha encontrou.
Imagem de perfil

De Veruska a 23.07.2013 às 13:58

É o instinto de caçador a funcionar. É uma pena.

E ainda por cima, por causa de salcishas.
Sem imagem de perfil

De Anabela G. a 24.07.2013 às 20:33

Quando não é para vender ..
Sem imagem de perfil

De susana a 25.07.2013 às 03:30

Tenho dito concordo a 100%...
Eu ando km a pé com as minhas filhas mal posso chegar as promoçoes e fico doente qd lá chego e já era... Tal me aconteceu na semana passada qd o cnt fez promoçao nas fraldas e toalhitas.. Eu msm a entrar no corredor das fraldas e uma senhoreca a empurrar um carrinho com fraldas tam 5 que por sinal sao as que ia bucar a monte até mal se lhe via a cara.. Eu tive direito a prateleira vazia e ela viu me e bem com as miudas a olhar para o lugar delas e a ver e bem que ela as tinha açambarcado todinhas!! Pois nem um pacote a santa se dispos a deixar me trazer!!! Que raiva!!! Tudo porque nao tinha nada a indicar limite de unidades!!

Comentar post


Pág. 1/2




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.



Comentários recentes

  • emmah

    Obrigada!

  • Descontos

    Obrigada

  • Descontos

    Obrigada.Fartei-me de procurar e não encontrei as ...

  • Lurdes

    Era até 26 de outubro para receber os selos. A tro...

  • Anónimo

    Boa tarde é até 09 de Novembro de 2020.Espero ter ...




Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D