Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]





As recargas

22.02.13

Há coisas que me chateiam. Chateia-me que as marcas ainda não tenham feito um suficiente investimento em recargas e embalagens de maior capacidade. 

 

Não vos irrita chegar a uma prateleira com sabonete líquido e ver que a recarga é ao mesmo preço que a embalagem com o doseador? Que inexiste uma embalagem maior, com mais altura e mais eficiente para guardar em espaços pequenos (que é o que normalmente temos nas nossas casas)?

 

As recargas ou embalagens maiores reduziriam os custos e impactos ambientais com as embalagens (tantas vezes de plástico) e com o transporte das mesmas. 

 

E pronto... já desabafei.


20 comentários

Sem imagem de perfil

De David a 22.02.2013 às 11:53

Já o mesmo sucede com os sprays limpa-vidros, a recarga costuma ser o mesmo preço da embalagem com a pistola.
Sem imagem de perfil

De RChelo a 22.02.2013 às 11:55

Exactamente por isso eu não uso recargas... Compro gel de banho e diluo ligeiramente ;) Faz o mesmo efeito ;) E bem bem bem mais em conta!
Sem imagem de perfil

De Loja da Crise a 22.02.2013 às 11:54

Isso nao e "interessante" para as marcas pelos vistos

basta ver os artigos do jeronimo martins, qual e a solução achada para area de crise ? baixar os preços?! Não

baixar as dosagem para frascos mais pequenos e dessa forma aperentar um valor mais reduzido

basta ver todas as ultimas promos de azeite em que so aparece garrafas de 0.5Lt ( coisa que ja nao se usava!!)
Sem imagem de perfil

De Andreia B. a 22.02.2013 às 11:59

Uma opção que poderão fazer é comprar este tipo de produtos a empresas de venda de produtos de limpezas industriais. Eu já cheguei a comprar sabonete líquido, um bidão enorme, por 11€ e aquilo durou muito tempo e ainda distribuí por outros. O problema é que também ocupam espaço... E tem que se investir logo um valor mais alto.
Sem imagem de perfil

De Sophia a 22.02.2013 às 12:20

Andreia tens toda a razão de facto os produtos são muito bons e, por vezes consegue-se comprar até de marca, os problemas são o investimento e espaço para armazenar. Como trabalho em hotelaria vejo muitas vezes as minhas colegas da limpeza comprarem directo aos fornecedores por exemplo detergentes de roupa muito em conta mas são bidões de 15L/
Sem imagem de perfil

De Saki a 22.02.2013 às 12:04

Vamos "mazé" criar uma lista de artigos com recarga, e alardeá-la bem, a lista, para mostrarmos às marcas como é que se faz!
Gel de banho para bebé e criança Corine de Farme;
Detergente para a louça manual Fairy.
(tão poucos produtos...)

Saki
Sem imagem de perfil

De sónia Costa a 22.02.2013 às 12:05

é verdade... e existem os produtos que nem recargas fazem ou ainda os que deixam de fazer, como o caso do vanish tira nódoas que antes tinha recarga e agora já não se encontram à venda
Sem imagem de perfil

De Susana T. a 22.02.2013 às 12:08

Eu tb uso o gel de banho diluido ligeiramente ;) Faz o mesmo efeito!
Alias durante os proximos tempos vamos lavar as mãos com gel de banho jonhson's a 0.00€€ :)
Imagem de perfil

De Descontos a 22.02.2013 às 12:10

Está dentro do preço ideal ;)
Sem imagem de perfil

De Andreia B. a 22.02.2013 às 12:13

Como a Cristina disse, além do factor ambiental, eu penso muitas vezes naquelas famílias numerosas, a quem daria muito jeito produtos em dose industrial... Pois andar a comprar embalagens pequenas não rende muito....:(
Sem imagem de perfil

De Caziono a 22.02.2013 às 12:28

Com a crise, as empresas vão apostar mais em embalagens económicas em tamanho menores, de forma a conseguir vender mais do produto em questão.

Porquê? Porque se as famílias não conseguem comprar, por exemplo, Azeite de 1lt, eles fabricam mais garrafas do mesmo Azeite mas de 0.5lt para ajudar as pessoas a comprar esse produto, em menor quantidade, mas mais barato.

Claro que, por vezes, não compensa.
Sem imagem de perfil

De Inês Sousa a 22.02.2013 às 12:23

Concordo!

O mesmo com alguns sprays de limpeza. Evitava-se tanto desperdício! Enfim, é algo que não interessa a 99,9% das marcas.
Sem imagem de perfil

De Sophia a 22.02.2013 às 12:25

Não interessa às marcas nem às empresas que fabricam as embalagens! :s
Sem imagem de perfil

De sam a 22.02.2013 às 12:54

Nem às empresas de reciclagem.
Sem imagem de perfil

De Rosa S. a 22.02.2013 às 12:37

As marcas só podem comercializar aquilo que é rentável para elas,essa é a sua responsabilidade (para com os que lá trabalham , para quem lá investiu o dinheiro, para com os seus consumidores ,pois marcas falidas não servem a ninguém ).
Os custos de ter mais um produto ( em termos de logística /comercialização/ stocagem) muitas vezes não compensa.
Se os consumidores sentem falta dessas variedades devem fazer sentir as suas necessidades.
Sem imagem de perfil

De sam a 22.02.2013 às 13:04

Na América do Norte, o conceito de embalagens maiores é mais explorado. Por exemplo, a embalagem normal de arroz é um saco de 5 kilos, a de açucar é de 2 kilos.
Mas também há razões que facilitam e exigem esse tipo de embalagem por lá.

Comentar post


Pág. 1/2




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Calendário

Fevereiro 2013

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
2425262728


Comentários recentes




Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D