Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Ver aqui

1.JPG

 


Cinema em casa

05.06.20

Sexta-feira

22:57 - RTP1 - Shaft - Máfia em Nova Iorque

 

Sábado

15:00 - RTP Memória - A casa do lago

15:35 - SIC - Jerónimo : Uma lenda americana

17:30 - SIC - Hereafter: Outra vida

23:53 - RTP2 - Quarta Divisão

01:55 - SIC - Sempre que te vejo

 

Domingo

1.JPG

15:00 - RTP Memória - A escolha de Sofia

15:45 - SIC - Selma

17:45 - SIC - Velocidade furiosa 7

22:00 - RTP Memória - Cassandra Crossing

00:18 - RTP1 - Pedro e Inês

01:45 - SIC - Ano novo vida nova

02-27-2020_selma.jpg

Prepare a carteira. Vem aí (mais) um aumento nos combustíveis

 

 

1.JPG

Objectivo: Menos lixo

Acção: Vou retomar as minhas recolhas da Fruta Feia, algo que suspendi para evitar uma deslocação extra. Como sou eu que esvazio o caixote que escolhi, posso usar livremente os meus sacos.

 

3.jpg

Objectivo: Lixandar

Acção: Os riscos associados a apanhar um objecto do chão, são os mesmos que receber troco na mão. O resto é ansiedade (minha). Vou esforçar-me para contrariar os medos e recolher algum lixo (muitas garrafas) que vou encontrando. E depois vou desinfectar as mãos.

 

Objectivo: Menos carro
Acção: vou reparar a bicicleta (de uma vez por todas) e utiliza-la para pequenos percursos. Quem sabe se isso não se traduz em longos percursos?

 

DSC_0014 (3).JPG

Objectivo: Menos desperdício alimentar.

Acção: Vou ser mais intencional na utilização completa dos alimentos e procurar evitar alimentos que impliquem desperdício na fonte.
Por exemplo, e recorrendo a um exemplo muito rudimentar: o que fazem com as côdeas do pão aparado? Ou os restos das azeitonas em rodelas?
Os legumes cortados têm embalagens. Provavelmente são aproveitamentos de legumes menos bonitos (isso é bom), mas também se deterioram mais rapidamente e por isso levam a maior desperdício alimentar. Ou seja, o desperdício acontece antes de chegar à nossa casa.

 

Objectivo: Lixo Zero

Acção: Vou agir de forma a comprar peixe na peixeria, de forma exclusiva e com as minhas embalagens.

 

1.JPG

 

Objectivo: Ampliar vozes inspiradoras

Acção: Comprar o livro da Ana Milhares, Ana Go Slowly.
Planeava pedi-lo na biblioteca, mas dificilmente volto lá, num futuro próximo.

É inevitável pensar no quanto esta pandemia afectou o meio ambiente. Vimos as extraordinárias melhorias na qualidade do ar, sentidas assim que a economia parou: que os carros pararam, que os aviões e navios pararam.

 

No meu dia-a-dia, fui confrontada com a enormidade de sacos de plástico que consumimos, se não optarmos por sacos reutilizáveis.

Os que poderia reutilizar foram sendo atirados para cima do móvel do frigorífico - sacos em quarentena.

2.jpg

Muitos outros, das compras online com frescos, iam sendo descartados para o contentor dos plásticos.

 

Mesmo nas compras na mercearia, não achei que fosse justo, aumentar a ansiedade de funcionárias/os obrigando-as/os a manusear os meus sacos reutilizáveis.

 

Alguns sacos são de Março, mas outros da semana passada. Por isso, agora tenho de colocar umas luvas, enfiar aqueles sacos todos noutro saco maior, para a quarentena final, que será de 30 dias.

 

E confiar na ciência, que me disse que o vírus permanecia em plástico até 27 dias*.

 

Ontem fui, pela primeira vez, a um Continente, desde Março. Levei os meus sacos de compras grandes, onde fui colocando as coisas. Mas não consegui deixar de substituir os sacos com os bacalhaus que a minha mãe comprou.

 

Sinto-me muito culpada, mas vivemos tempos extraordinários e tento lembrar-me disso e ser tolerante comigo própria.

Acima de tudo, tento ter uma perspectiva macro: nesta pandemia, é um luxo poder preocupar-me com o plástico que consumo.

 

* Actualização:

Houve quem comentasse que este prazo (27 dias) não estará de acordo com estudos mais recentes e/ou indicações da DGS.

Eu optei por manter o prazo mais alargado que li, por prevenção.

Eu também optei não lavar sacos porque considero ser um gasto desnecessário de água e energia.

Eu fui muito intencional na forma como formulei este texto: "eu fiz/faço" e não "façam". Da mesma forma que EU não vou à restauração, não uso calçado ou roupa do exterior dentro de casa ou desinfecto as compras.

1.JPG

 



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Calendário

Junho 2020

D S T Q Q S S
123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930


Comentários recentes

  • Anónimo

    tenho um tapete de silicone que comprei no Contine...

  • Joana

    boa tarde, tenho um cupão de 5€ em compras superio...

  • Rita Oliveira

    Comprei recentemente uma folha de pastelaria como ...

  • Descontos

    Francamente, nunca me ocorreu usar para além da pa...

  • Descontos

    O meu plano é comprar de forma a ter um produto qu...



subscrever feeds


Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D