Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Ultimamente ando a fazer uma série de asneiras no respeita à alimentação. E quando a cabeça não tem juízo... 

 

Num destes dias em que fui à Feira do Livro do Porto ("só" comprei 4 livros usados por €17), não resisti a comprar um hambúrguer vegetariano, simplesmente porque tinha lido, num blog, que era bom.

 

É preciso ter muito cuidado com o que se lê nos blogs. O que é bom para uma pessoa, claramente pode ser uma mistela com demasiados temperos, para outra. 

 

Por outro lado, paguei €5.60 por um menu

 

Alguns dias depois, comprei o jantar novamente pelo caminho. Mas desta vez fui a uma churrasqueira. Meio frango, uma taça de arroz branco e uma taça de salada mista ficou por €5.05. Tanto o arroz como o frango ainda sobraram para o almoço no dia seguinte. Aliás, um restinho de arroz ainda foi para a sopa.

Autoria e outros dados (tags, etc)

 

 

Mia Birdsong sugere um ótimo lugar para começar: vamos honrar as habilidades, a unidade e a iniciativa de que os pobres trazer para a luta a cada dia. 

 

Este foi um dos mais interessantes ensaios que vi sobre a pobreza.

Impressionou-me desde logo o exemplo de duas mães que não tendo a quem deixar os filhos para trabalhar, arranjaravam trabalhos a tempo parcial e alternavam entre si a tarefa de cuidar de todas as crianças.

Impressionou-me a forma como eloquentemente reforçou que temos de mudar o discurso, segundo o qual tudo se consegue com trabalho árduo, porque na verdade há quem trabalhe muito arduamente e com isso só consiga sobreviver.

 

Espero que o vídeo consiga um/a voluntário/o para o legendar. Seria um excelente serviço de interesse público.

Autoria e outros dados (tags, etc)

 

Mais informações aqui 

 

Uma pequena (grande) nota:

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Quando vos mostrei que a poupança também se faz em unidose, um cêntimo de cada vez, tinha dois objectivos:

- demonstrar como faço as minhas contas;

- evidenciar que poupar é uma maratona, leva o seu tempo, mas vêem-se: cêntimo a cêntimo, produto a produto.

 

Juntem todas as pequenas poupanças, todos os cêntimos de todos os produtos que usam diariamente e tornar-se-à evidente onde se poupa.

 

Isto porque, há quatro grandes grupos de pessoas:

- as que não têm porque poupar

- as que querem/precisam de poupar e têm por onde cortar

- as que querem/precisam de poupar e não têm por onde cortar, apesar de poderem reajustar a forma como gastam

- as que não se enquadram em nenhuma das situações acima descritas

 

Este blog não se adequará a todos. E mesmo dentro de cada grupo encontrarão muitas diferenças.

 

Para mim, o primeiro passo foi concluir que pertencia a um destes perfis. Também tem de haver honestidade nessa atitude. Eu conclui que preciso e quero poupar e que tenho (felizmente) onde cortar.

 

O registo diário das despesas e o registo de desperdícios alimentares permitiu-me chegar a duas grandes conclusões:

- desperdícios é o mesmo que dinheiro deitado ao lixo, e

- as pequenas despesas, devidamente somadas, tornam muito mais claro o destino do dinheiro.

 

Há cortes e cortes. Sou muito adversa a listas do género: como poupar €500 num mês, com um elencar de despesas que a generalidade das pessoas não tem. Para diversas pessoas, o salário não atingirá esse valor.

 

Para mim, tudo começa com três grandes questões:

quer poupar?

o que está disposta/o a fazer para poupar?

qual é o objectivo da sua poupança?

Autoria e outros dados (tags, etc)



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Calendário

Novembro 2017

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930


Comentários recentes

  • Anónimo

    Verifiquei agora que essa instituição tem muitas l...

  • Anónimo

    Comigo funcionou assim (ontem, 3a feira):Lego 1 - ...

  • Diana

    Às tantas vou dizer algo de que já tem conheciment...

  • Descontos

    R. José Mariani, perto da estação de Devesas.

  • Anónimo

    esta fica onde?onde ia mudou-se para o porto...




Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D