Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



1

Estou com um problema: na lavandaria automática eu não consigo controlar o detergente utilizado. Com o tempo, comecei a sentir que os atoalhados de banho não estavam a absorver a água, quando me limpava.

Fiz umas pesquisas na internet e encontrei este artigo que sugeria a utilização de vinagre e depois bicarbonato de sódio. Testei a fórmula:

1º lavei 1 atoalhado em água com vinagre;

2º depois lavei-o em água com bicarbonato de sódio.

 

Eu desconheço a "química" por detrás da "receita", mas pelo que fui lendo, a ideia é que o vinagre irá remover resíduos de detergente e amaciador e o bicarbonato de sódio irá neutralizar (ph) a acidez do vinagre. 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Resumindo, decidi começar a lavar roupa à mão. Não é um grande feito, afinal de contas não é toda a roupa, mas se tiver uma tshirt transpirada não fica na máquina à espera da lavagem semanal. 

 

Os porquês:

- Com a chegada do calor, eu mudo de roupa com muito mais frequência (por vezes, mais que uma vez, num dia);

- Uma boa parte da nossa roupa é lavada com pouca sujidade - depois de ser usada um dia, uma camisa não estará encardida; 

- Eu estou a simplificar/minimizar o meu guarda-roupa; isso poderá traduzir-se num problema de logística - se não for lavada, não tens para vestir; 

- A lavagem mais frequente desgasta a roupa, especialmente a delicada como soutiens, por exemplo.

 

O material:

Quando tomei essa decisão, pensei em fazer isso na banheira (o lavatório é demasiado pequeno) ou comprar uma bacia para o efeito. Porém, rapidamente percebi que a banheira e a banca da cozinha (limpa) serviriam o propósito. 

Eu não tenho estendal, uso as cruzetas da roupa. 

Eu só uso sabão azul.

 

A técnica:

Encho o recipiente de água morna, dissolvo um pouco de sabão azul e coloco a roupa de molho. Aplico sabão e esfrego apenas nas zonas de maior transpiração como o pescoço e axilas. 

Aproveito a água com sabão para um balde (para a sanita).

Enxaguo em água limpa (que tem a mesma serventia da anterior). 

Torço a roupa e penduro-a numa cruzeta para ficar mais direita e dispensar passar a ferro.

 

Gasto cerca de 1-1/2 balde, no total. 

 

E se precisar que seque mais rapidamente, posso sempre utilizar uma toalha para remover o excesso de água.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Um dos meus problemas com a higiene e limpeza, utilizando ingredientes mais naturais é a confiança, ou a falta dela. E julgo que esta está muito mais relacionada com a falta de informação que outra coisa. 

 

Exemplo: desentupir canos com bicarbonato de sódio + vinagre + água quente. Já utilizei, funcionou em metade das vezes que utilizei e por isso estava convencida que era uma excelente solução. Ainda por cima, era efervescente - era limpeza que se via. 

 

Acho que é por isso que temos produtos de limpeza com cor e cheiro - para vermos a limpeza. Claro que isso não quer dizer nada.

 

Entretanto, cruzei-me com esta experiência que compara o efeito desengordurante de água quente com detergente e bicarbonato de sódio + vinagre. Claramente é a água quente que desengordura melhor. 

 

E fico assim. Será que o bicarbonato de sódio + vinagre são inúteis? Apenas um mito? Será que o efeito efervescente serve para soltar resíduos?

 

Onde encontrar uma fonte fidedigna de informação? Preciso da ciência por detrás destas coisas. Não me basta este ou aquele site. 

 

Como fazem para filtrar tanta (pseudo) informação? 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

No fim de semana passada queimei uma sopa e respectiva panela.

Deixei amolecer vários dias, mas sem resultado. Assim, procurei uma dica sobre como a limpar e encontrei-a neste vídeo:

 

Na primeira tentativa, percebi que tinha colocado o lume muito forte e acabou por vir por fora (como se fosse leite a ferver). Repeti numa temperatura menor (passei do 9 para o 6) e assim ficou uns minutos a ferver.

 

O que utilizei: 

- um pouco de detergente da louça

- um pouco de bicarbonato de sódio

- água

 

 

Deixei ferver uns minutos, despejei a água e esfreguei com uma escova.

limpar_queimado3.JPG

 

Os resultados foram quase imediatos e uma passagem com a escova foi o suficiente para o queimado começar a sair em lascas. Raspei um pouco com a escova e finalizei com um esfregão de inox. Nem um minuto depois e tinha a panela praticamente limpa.

Juro-vos que foi quase sem esforço.

limpar_queimado 4.JPG

 

FANTÁSTICO!!!

Obrigada Melissa!

Autoria e outros dados (tags, etc)



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Calendário

Novembro 2017

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930


Comentários recentes

  • Anónimo

    Verifiquei agora que essa instituição tem muitas l...

  • Anónimo

    Comigo funcionou assim (ontem, 3a feira):Lego 1 - ...

  • Diana

    Às tantas vou dizer algo de que já tem conheciment...

  • Descontos

    R. José Mariani, perto da estação de Devesas.

  • Anónimo

    esta fica onde?onde ia mudou-se para o porto...



subscrever feeds


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D