Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



2015-02-23 12.40.15.jpg

Na continuação da minha aventura de gastar todo o meu stock, cheguei ao final de uma embalagem de arroz branco. Esta manhã, para preparar a marmita, tinha duas hipóteses: arroz agulha ou arroz risotto.

 

Ora, o arroz risotto foi comprado numa promoção bastante antiga - recordam-se da acumulação no Minipreço? - imaginando eu que os meus pais iriam apreciar e que resultou em eu ficar com dois pacotes de 0.5kg com o prazo de validade ultrapassado (que neste produto considero irrelevante). 

 

E sabem que mais? Não notei qualquer diferença - é arroz.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Este mês, dedicado a gastar o que tenho e só comprar o estritamente necessário tem-me levado a algumas conclusões. Penso que é importante dizer que não mudei de opinião no que respeita ao método para poupar mais com compras de supermercado: investir quando o produto está com um preço ideal.

Apesar de as promoções andarem fraquíssimas, ainda assim tenho sempre a sensação que deveria estar a comprar isto ou aquilo para o stock. Por outro lado, sei que é uma falsa urgência, basta esperar algum tempo que o produto voltará aos 50% de desconto. 

Mas os meus instintos nunca são para gastar o que tenho, são para o mínimo esforço com a maior gratificação. Exemplo: fiz arroz a mais para a marmita, mas foi "demais". De imediato pensei em congelar com feijão preto estufado (a minha refeição preferida). Mas percebi que não tenho nenhuma lata de feijão preto cozido e, de imediato, planeei passar no supermercado para comprar. 

Na realidade, eu tenho feijão preto seco e tenho outros ingredientes que posso estufar para fazer uma marmita com o arroz branco. E é esse o hábito a mudar: em vez de pensar no que falta comprar, pensar no que existe para gastar

Amanhã vou estufar soja granulada com tomate e legumes (o que houver no quintal e/ou congelador); com arroz branco, claro!

 

É surreal mas este mês apenas comprei um cacho de bananas, no que respeita a fruta. Claro está que isso deve-se ao facto de não estar a comer fruta suficiente. Hoje a marmita tem uma laranja (a última!) e um kiwi. 

Autoria e outros dados (tags, etc)

A primeira "semana" de 2015 só tem 4 dias. Pequenina, mas também conta. 

Nos 4 dias apenas comprei: 12 rolos de papel higiénico, 2 latas de atum natural, 1 revista Continente Magazine. Gastos da semana: €5.41

 

Quanto ao papel higiénico, estamos conversados. Não foi para fazer stock, foi apenas porque estava a acabar.

As latas de atum são para fazer um paté de atum (com ketchup do Mc Donalds´s) para um aniversário. 

A revista foi para publicar os cupões no blog. 

 

Sobre o papel higiénico, aproveitei uma ida do meu pai ao Lidl para comprar lixívia - está a um bom preço, €0.15L - e pedi o "2 atum natural Nixe" e "12 rolos papel higiénico não reciclado". Escrevi num papel para que não voltasse sem as coisas. Resultado: 3 x 4 rolos de papel higiénico de 3 folhas, decorado. Preço total do papel higiénico: €3.57 ou seja €0.30/rolo.

 

A conversa:

Ele: Era o que estava mais barato.

Eu: Porque só tem 4 rolos!

 

Uma promoção que termina hoje:

l1.JPG

 

 

Gastar o que tenho:

- ainda tinha cerca de 1 kg de marmelos e açúcar pelo que fiz marmelada e geleia (na MFP)

- do congelador:

- do armário:

  • farinha, fermento e afins = pão caseiro

Autoria e outros dados (tags, etc)

Entre os meus objectivos deste ano, gostaria de partilhar dois: substituir o arroz e massas brancas pela versão integral e dedicar Janeiro (e talvez precise de Fevereiro) a esvaziar o congelador e o armário alimentar.

 

Passar a consumir apenas massas e arroz integrais é um objectivo relacionado com a saúde da minha mãe. E se eu não começar a consumir e, dessa forma, aprender a cozinhá-los, a mudança na casa dela nunca ocorrerá. Será uma transição natural - quando acabarem as massas que tenho, o que comprar será apenas a versão integral.

 

Outro objectivo é parar de comprar e gastar o que tenho. Se fosse uma blogger em condições, fazia um mês de zero compras, só com orçamento para frescos e até preparava a coisa. Mas não sou e não tenho tempo ou paciência para investir em tal empreitada. Assim, fico-me pela versão light: o que comprar, tenho de vir explicar porque comprei. 

 

A consciência de ter de me vir explicar deverá ser um suficiente dissuasor de compras de impulso. Acresce que estou muito curiosa para ver quanto gasto.

 

Recordo que estou a fazer apenas umas 3/5 refeições por semana o que torna a minha situação peculiar: deveria sempre gastar muito pouco e demorar mais tempo a gastar o que tenho.

 

As regras são:

- se tenho comida em casa, não posso gastar dinheiro comprando outra;

- a excepção serão os ingredientes para uma festa de aniversário [ainda não comprei bebidas, tostas, frescos para o pão (queijo, fiambre,...), salsichas para fazer uns salgados e acho que não falta mais nada];

- não posso comprar para fazer stock, a não ser que seja uma fantástica promoção (por exemplo, estava à expera de uma promoção Finish que não aconteceu - 7 cêntimos por dose não é promoção digna desse nome - por isso não compro);

- se tiver ingredientes do quintal para a sopa, não compro outros (mesmo que esteja a pensar na sopa xpto que não faço há tanto tempo - isso é uma desculpa para gastar, se quisesses mesmo, não estavas há tanto tempo para comprar ou fazer);

- cempercente só em produtos que realmente necessite.

Autoria e outros dados (tags, etc)



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Calendário

Novembro 2017

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930


Comentários recentes

  • Anónimo

    Verifiquei agora que essa instituição tem muitas l...

  • Anónimo

    Comigo funcionou assim (ontem, 3a feira):Lego 1 - ...

  • Diana

    Às tantas vou dizer algo de que já tem conheciment...

  • Descontos

    R. José Mariani, perto da estação de Devesas.

  • Anónimo

    esta fica onde?onde ia mudou-se para o porto...




Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D