Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Actualmente, procuro controlar os meus impulsos de aquisição. Para isso, tem ajudado uma maior consciência ambiental sobre o impacto do que consumo. 

 

Ou seja, eu penso nos impactos ambientais de fazer algodão > tento não comprar tecidos + utilizar o que tenho + comprar materiais usados = poupo uma pipa de dinheiro. 

 

Não acreditam que eu tenho um problema? Conhecem Robert Kaufman? Desenha tecidos. Eu nem uma costura em dinha recta consigo fazer, mas conheço os designers de tecido por nome. Yep! É isto. 

 

 

 

Essa consciência (dos custos ambientais e do meu problema) leva-me a querer ser mais utilitária no que faço > não faço para enfeitar, mas para usar. Isso não se aplica às minhas sobrinhas, aí é uma desgraceira. 

 

Tento gastar o que tenho. Herdei sacos e sacos de retalhos da minha mãe e tenho feito encetado redobrados para lhes dar utilidade e diminuir o espaço que actualmente ocupam na minha casa.

 

Tento investir nos meus passatempos como forma de poupança. Quando consigo transformar os meus passatempos em roupa para vestir, arte para remendar e presentes caseiros, eu consigo poupar IMENSO dinheiro. 

 

Actualmente, eu gasto menos de €50/ano em vesturário para mim. 

Como o meu guarda-roupa é minimalista e não sigo tendências de moda, gasto muito pouco (apenas para substituir peças estragadas/desgastadas).

 

Por isso, tenho investido o meu tempo (porque materiais já tenho) num passatempo bastante rentável: costurar.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Entraram cá em casa umas calças com as pernas cheias de nódoas de relva, ou seja, bem vividas.

 

Optei por cortar as partes danificadas e transformar as calças nuns calções. DSCF2233 

Mas eles estavam mesmo a precisar de umas orelhas cor-de-rosa.

DSCF2234

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

A trabalheira que vou ter para conseguir costurar as fitas numa gola redonda! 

Esta aprendiz vai ter muito que alinhavar, primeiro.

O retalho já foi comprado há mais de um ano (€2.95), para aprender a costurar uma tshirt - tecidos que esticam horribilis. O viés foi comprado no EL Corte Inglês para usar um talão do desconto de 50% em brinquedos e a renda era da minha mãe.

1

Autoria e outros dados (tags, etc)

Serve para grávidas ou para pessoas com doenças que fazem com que a barriga fique inchada. Ou seja, pessoas que só aumentam na zona da cintura.

DSC_0139

 

Fiz um pequeno triângulo com tecido branco, apliquei uma renda (depois de considerar uma fita) e a camisa está pronta a utilizar.

DSC_0132

DSC_0133

DSC_0135

DSC_0135b

DSC_0138

DSC_0139

Mais um projecto, que foi sucessivamente sendo adiado, totalmente feito com materiais que já tinha em casa. 

Autoria e outros dados (tags, etc)



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Calendário

Novembro 2017

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930


Comentários recentes

  • Anónimo

    ML5320E66B Está a funcionar :)

  • Anónimo

    Mesmo, estou farto de trabalhar para aquecer....

  • Descontos

    É verdade e não é só aqui. Os impostos que nos são...

  • Moralez

    Um vergonha os impostos q pagamos!!!!

  • Descontos

    Não morres tão cedo.Estava precisamente a pensar.....



subscrever feeds


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D