Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



WP_20160719_001.jpg

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Num mundo ideal, eu teria planeado melhor o meu tempo e teria feito uma melhor festa - melhores decorações, melhores alimentos na mesa e teria gasto menos dinheiro. 

 

Aqui tenho de introduzir um aparte: o meu "melhores" provavelmente é muito diferente do vosso "melhores". Não é qualidade, não é preço, é gosto pessoal.

 

A conclusão a que cheguei é que é possível fazer escolhas acertadas no que respeita a festas em casa:

- alimentos caseiros,

- alimentos que podem ser pré-preparados,

- alimentos que podem ser elaborados com poucos ingredientes,

- alimentos que podem ser elaborados com pouca preparação.

 

 

Onde falhei:

 

Não preparei com tempo as decorações. Isso levou a que acabasse por me sentir culpada, o que levou à compra de balões. Resultado, dinheiro gasto e acabei por ficar com plástico e balões para arrumar.

Não preparei com tempo todas as compras. Isso levou a que fizesse algumas sem qualquer promoção.

Tentei confeccionar uma receita nova - bola de carnes. É algo que não faço habitualmente. O resultado foi mau e acabei por me sentir mal com isso o que levou a que fosse comprar mini lanches, patés, tostas e queijos, no último minuto.

 

Onde tive sucesso:

Planear

Apesar de tudo planeei. 

Numa folha, primeiro coloquei o que idealmente gostaria de ter: decorações, música, coisas que queria confeccionar e comprar.

Depois fiz uma lista de tarefas imensa: limpar a sala, lavar a louça a ser usada, passar a ferro a toalha, montar as decorações, cortar os chocolates, picar as carnes, etc. 

Depois comecei a tentar alocar as tarefas aos dias da semana, tentando antecipar o mais possível. Isso permitiu-me, de imediato, perceber a diferença entre o ideal e o exequível. Vários itens passaram a "facultativo" - seriam feitos se tivesse tempo.

O mais importante foi a confecção dos alimentos. Preparei atempadamente uma lista de tarefas com pormenores, nomeadamente no que respeita à utilização do forno. Isso ajudou-me imenso e consegui perceber o que poderia ou não fazer. Não quis cozinhar nada de véspera que não fosse o estritamente necessário. 

 

Por exemplo: 

véspera à noite:

- programar a máquina de fazer pão para ter o pão pronto às 6h30 (para dar tempo para a máquina arrefecer e colocar a fazer o pão nº 2)

- pré-preparar os folhados [cozinhei uma alheira, enrolei e cortei a massa; cortei chocolate e coloquei em massa para croissants; coloquei no frigorífico]

- separar os ingredientes para a massa folhada

- [forno] fazer o bolo de chocolate

- [forno] fazer o bolo de maçã

 

manhã da festa (que na verdade eram algumas horas porque passo as manhãs de sábado a fazer a limpeza da casa da minha mãe)

- colocar o pão nº 2 na MFP

- montar o bolo de aniversário

- [forno] folhados 

- [forno] bola de carnes

 

Uma das coisas que mais me ajudou foi pensar antecipadamente no tempo de ocupação do forno.

 

Partilhar 

Uma compra impulsiva, uma hora antes de receber as pessoas, relembrou-me da importância de partilhar mais estes momentos.

Tinha em casa uma lata de chantilly e resto das natas do bolo (que havia sobrado de uma tarde de panquecas), comprei uma base de bolo e uma lata de ananás. 

Depois, foi só dizer à aniversariante e amiga que fossem à cozinha preparar um bolo.

A "adulta" que há em mim fez com que dissesse que eram natas a mais, chantilly por cima... quê!? Mas a verdade é que não sobrou nem um pedaço.

DSC_0002.JPG 

Fiquei com a nota mental que, na próxima vez tenho de repetir com uma base caseira ou com queques.

 

E aqui entra a parte triste. Há muito que a aniversariante me havia pedido uma sessão de decoração de queques. E porque andava tão stressada com a organização - o que tinha de limpar, o que precisava de ter na mesa -, isso nunca me ocorreu.

Ou seja, esqueci-me de colocar em primeiro lugar o que deveria estar em primeiro lugar.

 

Espero ter oportunidade de poder fazer melhor na próxima vez. É por vezes tomamos estas coisas por certas e o tempo futuro nunca é garantido.

 

Aproveitem bem o vosso fim de semana.

Autoria e outros dados (tags, etc)

As histórias da Disney costumam começar com um "era uma vez" e terminar com "e foram felizes para sempre". Pois bem, os Descendentes são o que veio depois do "e foram felizes para sempre". E aparentemente o que vem depois é a descendência na forma de adolescentes numa escola. Esses são os Descendentes e se têm pequenada em casa, provavelmente sabem do que estou a falar. 

 

A festinha tinha por tema, precisamente a descendente da Bruxa Má na história da Branca de Neve da Branca de Neve, a Evye. E como eu não percebo nada dos descendentes, surripiei as ideias à história da Branca de Neve. 

DSC_0001 (1).JPG

Os pacotes de pipocas (caseiras) foram tirados aqui

São muito pequenos, pelo que imprimi apenas para as crianças e coloquei uma taça grande com pipocas para os adultos e para voltar a encher os sacos, se fosse preciso.

A "poção do amor" é chá gelado de frutos vermelhos. Foi um sucesso.

 DSC_0003a (1).jpg

Outra tisana de chá de maçã "envenenada" com canela.

 DSC_0003b (1).jpg

A faca do caçador.

 DSC_0004 (1).JPG

Imprimi o logótipo da personagem (há vários) e colei em palitos.

 DSC_0005 (1).JPG

Tortas de compra.

As maçãs servem de decoração (tinham de ser bem vermelhas) e foram comidas, no final.

A toalha branca permite decorar de acordo com o tema. Neste caso, foi enfeitada com fitas de organza em azul escuro, a cor da personagem (esqueci-me de fotografar o pormenor). E é com esta toalha (que me foi oferecida depois de dizer que queria comprar uma) que terminei com a compra de toalhas de plástico decoradas com o tema (ou cor) da festa. 

 DSC_0007 (1).JPG

O bolo foi comprado, mas os enfeites são meus: triângulos de cartolina preta, paus de espeto e o logótipo da personagem com o nome da aniversariante.

Autoria e outros dados (tags, etc)



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Calendário

Janeiro 2018

D S T Q Q S S
123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031


Comentários recentes

  • A 3ª face

    É verdade. No meio de tanta informação no verso do...

  • Anónimo

    Mas para quem não reparou na parte de trás do próp...

  • Descontos

    Antes de mais, obrigada pelo alerta. Fui pedir o t...

  • Anónimo

    Acho que muita gente liga demais ao simbolo CE. A ...

  • A 3ª face

    Eu ontem enviei um e-mail através do site do Lidl ...




Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D